Título: Quando a Bela Domou a fera
Autora: Eloisa James
Ano: 2017
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 320
Skoob: Adicione
Compre: Amazon
Cortesia: Livro cedido em parceria com Editora Arqueiro

Sinopse: Eleito um dos dez melhores romances de 2011 pelo Library Journal, "Quando a Bela domou a Fera" é uma releitura de um dos contos de fadas mais adorados de todos os tempos. Piers Yelverton, o conde de Marchant, vive em um castelo no País de Gales, onde seu temperamento irascível acaba ferindo todos os que cruzam seu caminho. Além disso, segundo as más línguas, o defeito que ele tem na perna o deixou imune aos encantos de qualquer mulher. Mas Linnet não é qualquer mulher. É uma das moças mais adoráveis que já circularam pelos salões de Londres. Seu charme e sua inteligência já fizeram com que até mesmo um príncipe caísse a seus pés. Após ver seu nome envolvido em um escândalo da realeza, ela definitivamente precisa de um marido e, ao conhecer Piers, prevê que ele se apaixonará perdidamente em apenas duas semanas. No entanto, Linnet não faz ideia do perigo que seu coração corre. Afinal, o homem a quem ela o está entregando talvez nunca seja capaz de corresponder a seus sentimentos. Que preço ela estará disposta a pagar para domar o coração frio e selvagem do conde? E Piers, por sua vez, será capaz de abrir mão de suas convicções mais profundas pela mulher mais maravilhosa que já conheceu? 

Linnet Thrynne é uma jovem adorável, dotada de grande beleza – herança deixada por sua mãe. Apesar de não demonstrar grande apreço por seus dotes exteriores, nossa mocinha sabe muito bem o que seu sorriso é capaz de provocar nas pessoas ao redor. Charmosa e muito elegante, nunca passa despercebida nos bailes londrinos que frequenta, atraindo, principalmente, a atenção masculina, ávida por pequenas aventuras com belas damas. Mas Linnet parece não se interessar pela maioria devastadora deles, e seu único alvo na temporada tem sido o atraente príncipe Augustus, um nobre que, aos seus olhos, não é assim tão diferente do resto da sociedade.
Eis que nossa protagonista se envolve em um escândalo desconcertante e sua família encontra a solução que mais lhe parece cabível: casar-se o mais urgentemente possível. O pretendente? PiersYelverton, conde de Marchant. Um médico recluso, de temperamento tempestuoso e com um sério ferimento em uma das pernas, o que o faz mancar e necessitar de uma bengala para locomoção. Sua personalidade explosiva, seu mau-humor habitual e a frieza com que trata seus pacientes, deram-lhe uma fama negativa, contrastando diretamente com tudo aquilo que Linnet representa.

O livro é narrado em terceira pessoa, e traz uma escrita leve e até divertida em alguns momentos. Os personagens nem sempre são muito aprofundados, mas possuem suas próprias peculiaridades, o que ajuda a manter a proposta de leveza do livro.

“Ele se virou para ficar de frente para ela e seus olhos se encontram de um jeito que tinha tudo a ver com amor, do tipo forte o bastante para trazer alguém de volta da cova, do tipo que nunca desvanece e nunca falha “.

Há algum tempo que esse estilo de romance vem se destacando no meio literário, e conquistando dezenas de leitores. No caso de Quando a Bela domou a Fera, há o diferencial inserido por Eloisa James: a sugestão, entregue no título, de ser uma adaptação de uma das histórias preferidas de nossa infância, ou até da atualidade. Já não as acompanho hoje em dia, e não sou uma grande fã, mas guardo em minha mente, de forma saudosista, seus enredos e personagens, o que me fez ter um contato mais próximo com a história escrita por Eloisa, mesmo com as diferenças óbvias das duas obras.

A base do conto de fadas foi mantida, mas é possível emergir completamente na nova trama que está em questão nesse livro. Os personagens trazem as características presentes na história que serviu de inspiração, e por isso é tão bom ver a mudança que vão sofrendo ao longo da narrativa, além de que podemos enxergar alterações fundamentais, que deram um toque único ao livro.
Apesar de conter alguns pontos que me incomodaram no desfecho, ainda o recomendo a todos aqueles que apreciam romances de época com essa pegada das escritoras modernas. Pegue-o desprovido de conceitos pré-formados, e espere um romance gradual e muito gostoso de se aproveitar linha por linha. Uma ótima opção para passar uma tarde de domingo com uma companhia leve e despretensiosa.

E teremos continuações para esta série, todas seguindo a mesma linha de adaptações de contos de fada. Fiquem de olho nos próximos lançamentos da editora.





3 Comentários

  1. Eu peguei esse livro para ler recentemente, concordo com sua critica e adiciono que estou morrendo de ri com os protagonistas! Eles tem uns diálogo hilários hahahaha. Confesso que sou fã de contos de fadas e também de romances históricos, para mim foi a união do útil como o agradável.

    Jaci
    #DoQueEuLeio

    ResponderExcluir
  2. Oieee!

    Minha amiga leu esse livro é amouuuu ele. Sua resenha me fez querer ele ler ainda mais *-*

    Beijos!!
    http://livrearblog.blogspot.com.br/?m=0

    ResponderExcluir
  3. A cada resenha que leio desse livro fico mais curiosa. Já estou com meu exemplar aqui na estante, esperando apenas um tempinho para ler. Parabéns pela leitura e resenha, ficou ótima e me deixou mais curiosa ainda. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir