Título: Inventei Você? ( Made You Up)
Autora: Francesca Zappia
Ano: 2017
Editora: Verus
Tradução: Monique D’Orazio
Número de páginas: 346
Skoob:Adicione
Compre: Amazon
Cortesia: Livro cedido em parceria com Grupo Editorial Record


Sinopse: Alex está no último ano do ensino médio e trava uma batalha diária para diferenciar realidade de ilusão. Armada com uma atitude implacável, sua máquina fotográfica, uma Bola 8 Mágica e sua única aliada — a irmã mais nova —, ela declara guerra contra sua esquizofrenia, determinada a permanecer sã o suficiente para entrar na faculdade.E Alex está bem otimista com suas chances, até se deparar com Miles. Será mesmo aquele garoto de olhos azuis com quem ela compartilhou um momento marcante no passado? Mas ele não tinha sido produto da sua imaginação?Antes que possa perceber, Alex está fazendo amigos, indo a festas, se apaixonando e experimentando todos os ritos de passagem tipicamente adolescentes. O problema é que ela não está preparada para ser normal.Engraçado, provocativo e emocionante, com sua protagonista nada confiável, Inventei você? vai fazer os leitores virarem as páginas alucinadamente, tentando decifrar o que é real e o que é invenção de Alex.



Inventei Você? É o livro de estreia de Francesca Zappia , ela finalizou este livro com 18 anos. Um romance Young Adult / Jovem adulto que nos contará a história de Alex, uma adolescente de 17 anos que está no ensino médio e tem esquizofrenia.

Alex foi diagnosticada com a doença em torno dos 13 anos de idade. E desde então ela e sua família tentam conviver com a doença. Alex vive com sua mãe e sua irmã Charlie de 8 anos. As coisas serão diferentes a partir de agora, pois Alex está em uma escola nova para concluí seu último ano do ensino médio. Entre sua luta para saber o que é real ou ilusão, ela utiliza uma câmera fotográfica e a força de vontade de ter uma vida “normal”. Nesta escola conhecerá o Miles, garoto que é bem famoso por algumas atitudes nada legais que tomam, mas também conhecido por ser muito inteligente.

Alex e Miles criam laços de amizade, e alguns conflitos. Mas aos poucos Alex entra no circulo de amigos de Miles, e teremos bons momentos entre este grupo. No inicio achamos Miles problemático pelas atitudes que vive tomando, mas  com o tempo vemos suas motivações.


Inventei Você? É um romance leve, carismático e até viciante. E ao nos trazer uma protagonista diferente, onde não sabemos se o que realmente ela nos conta é real ou ilusão, deixa tudo mais instigante. Mesmo trazendo uma doença grave na história, o livro não tem uma carga emocional pesada, cheio de drama. Mas sim uma narração adolescente com momentos divertidos e com situações inusitadas. Uma boa dica para quem está em busca de uma leitura despretensiosa e gostosa.

Os personagens são simples, com defeitos e acertos. E até um pouco infantis para idade, mas consigo compreendê-los, pela realidade vivida por eles. Eles não tiveram uma infância comum e a adolescência é mais confusa ainda.
A edição está ótima, a capa é linda. Livro com orelhas, folhas amareladas e letras no tamanho agradável. Gostei muito da edição. E sobre a narrativa, o ponto alto foi a autora colocar um personagem esquizofrênico tendo uma vida, quebrando alguns preconceitos, mostrando que com um tratamento, acompanhamento médico,você pode seguir em frente.  Mas claro, que cada caso, é um caso.
Então fica a dica de uma leitura leve e divertida. Com amizade, romance e muita força de vontade para viver a vida, apesar de todas as dificuldades.

“Eu não podia me dar ao luxo de tomar a realidade como algo bem definido. E não diria que odiava as pessoas que podiam, porque, basicamente, eram todas as pessoas. Eu não as odiava. Elas não viviam no meu mundo.” (Pág. 21)







19 Comentários

  1. Oi, Ana!
    A capa desse livro me chamou bastante a atenção. Não sabia exatamente que se tratava de uma protagonista com esquizofrenia, achei bem interessante. Uma vez que é uma leitura despretensiosa, como você falou, eu acho que vou dar uma chance para ele.
    Bjos!

    poressaspaginas.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana, que linda esta capa! E eu não conhecia o livro. Não li ainda nada com uma protagonista esquizofrenica e me surpreendi pela idade em que ela foi diagnosticada.
    Dica anotada.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
  3. Eu ainda não conhecia esse livro e achei um tema bem forte. Fiquei curiosa para ler e saber mais sobre a história. Achei a capa muito bonita.

    ResponderExcluir
  4. Essa capa realmente chama a atenção, né? O fato de a protagonista ter esquizofrenia também parece ser muito interessante!
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Ana
    Adorei sua resenha, confesso que o livro não me chamou atenção de início, mas agora estou muito curiosa sobre a história. Parece bem despretensiosa mesmo, apesar de não me identificar com esse tipo de leitura, acho que vale a pena dar uma chance.

    Beijos!
    Livros que Li

    ResponderExcluir
  6. Oi Ana
    Adorei a sua resenha. Desde que vi a capa desse livro fiquei intrigada com ele, a capa é muito bonita e me chamou bastante atenção. Até o momento, não tinha conhecimento de qual era a premissa do livro, mas gostei bastante, principalmente de saber que é uma história mais leve.
    Beijos!!

    Abobrinha com Chocolate

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Se fosse olhar essa capa não pegaria pra leitura, mas ao ler sua resenha vejo o quão interessante principalmente pelo tema com doença tão devastadora pra um personagem com tão pouca idade.
    Adorei a dica.

    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  8. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro mas ainda bem que trouxeste opinião! Acho ótimo que a leitura seja tao leve!

    A capa agradou-me e a tua foto também! ahah Para alem de que adoro quandoa s personagens cativam. No entanto, e mau que sejam infantis..

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  9. Anaa, tô louca para ler esse livro! E amei sua resenha. Acho interessantíssimo quando colocam personagens esquizofrênicos nos livros, e saber que a personagem principal desse é tão nova, me deixou anda mais interessada.

    Beeijo!
    Universo Tácito

    ResponderExcluir
  10. Eu amei a capa desse livro. Gosto de guarda-chuva. Acho um objeto poético. Mas a narrativa não me despertou curiosidade.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá!

    Estou louca para ler esse livro!! Amei a resenha.

    Beijos, Carol.

    http://livrearblog.blogspot.com.br/?m=0

    ResponderExcluir
  12. Oi Amore,

    Não conhecia o livro até o momento... mas já curti de cara por essa capa linda e pela história que parece ser muito boa... curiosa já por aqui!
    Dica anotada!

    Beijokas!

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Gostei da premissa do livro, já li algo em que o paciente tinha esquizofrenia mas era mais pesado, e também adorei essa capa!
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Olá, Ana! Tudo bem?

    Adorei essa capa, me chamou atenção. Eu gostei da sua resenha, muito esclarecedora. Achei também interessante a premissa, a esquizofrenia é uma condição/doença que requer atenção, é um tema delicado e precisamos compreender mais.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi Ana, sua linda, tudo bem?
    Achei diferente a autora trazer uma trama adolescente com uma protagonista esquizofrênica e com certeza deixou tudo mais instigante ao deixar o leitor com dúvida do que é real ou não. Boa leitura, vou colocar na lista. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    Já li esse livro quando lançou e eu acho essa capa muito bonita, eu gostei bastante da protagonista, mas confesso que me confundi em diversas coisas encontradas neste livro, sabe? Além disso eu achei a autora iria focar mais na esquizofrenia, foi bom saber que a adolescente tem uma vida normal e ela até esquece mesmo disso, mas acho que deveria ser mais explorado, infelizmente não se tem tantos livros que retratam sobre isto. Adorei a resenha <3

    www.cluaz.tk

    ResponderExcluir
  17. Olá!

    Vi uma resenha desse livro em outro blog e admito que me apaixonei por ela, sem conhecê-la direito... Não vejo muitos livros para jovens que abordem a esquizofrenia, então esse é um belo de um pioneiro!

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Eu ainda não conhecia o livro, mas o assunto me interessa muito e fiquei curiosa para realizar a leitura, já que um outro livro do assunto que estava lendo não vingou. Adorei poder conferir a sua resenha!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Na escola na qual trabalhei nos últimos três anos tínhamos um aluno esquizofrênico e a minha maior tristeza era o que os medicamentos faziam com ele deixando ele lento, moroso e um pouco ausente. Tenho muita vontade, para não dizer necessidade, de ler sobre o assunto e "Inventei você" foi para minha lista com o * de prioridade.

    Uma Pandora e sua Caixa

    ResponderExcluir