Título: Os Pássaros
Autora: Frank Baker
Ano: 2016
Editora: DarkSideBooks
Gênero: Suspense, mistério, terror
Tradução: Bruno Dorigatti
Número de páginas: 304
Skoob: Adicione
Compre : Amazon
Cortesia: Livro cedido em parceria com a DarkSide® #DarkLove

Sinopse: Você conhece o filme. É um dos maiores clássicos de Alfred Hitchcock, de 1963. Nos créditos, consta que a história é baseada no conto “Os Pássaros”, de Daphne du Marier, escritora que o mestre do suspense já havia adaptado antes. Quase trinta anos após seu lançamento, o romance de Frank Baker ganharia repercussão quando o autor ameaçou processar Hitchcock e Daphne Du Maurier. Para deixar essa estranha coincidência com ares de plano macabro: Daphne era prima do antigo editor de Frank Baker, o inglês Peter Davies, e chegou a trabalhar com o parente. 
Pássaros. Milhares, talvez milhões, sobrevoam Londres, de forma aparentemente inexplicável e sem sentido, onde parecem observar os habitantes da capital, que os consideram divertidos, se tanto um pouco estranhos. Enquanto as pessoas ainda tentavam entender o que faziam ali, eles começam a atacar, ferindo e até mesmo matando com tremenda brutalidade e violência. Seriam eles uma força da natureza ou uma manifestação sobrenatural? Ninguém sabe. A única certeza é que o objetivo dos pássaros é a destruição da humanidade e ninguém tem ideia de como impedi-los... 
No ano em que se celebra os 80 anos da primeira edição, a DarkSide® Books orgulhosamente apresenta o livro Os Pássaros para todos os leitores e cinéfilos brasileiros apaixonados por um bom susto, um retrato sombrio e acurado de uma Londres pré-Guerra, como se Baker conseguisse vislumbrar o futuro próximo de terror e feitos inomináveis apresentado pela Segunda Guerra Mundial.



“Os pássaros” , repetiu ela, de maneira incisiva, “que ficam bicando as janelas todas as noites e não nos deixam um momento de paz.” (pag. 177)


Os Pássaros de Frank Baker foi publicado originalmente em 1936 , um clássico do terror. Onde iremos conhecer uma Londres devastada por um acontecimento bem peculiar. Invasão de pássaros, onde mudará completamente a vida destas pessoas.

A narração será feita em primeira pessoa pelo pai de Anna que irá lhe contar a história dos pássaros, um senhor de 85 anos que viveu todo o terror da época. Por isso temos que ter um pouco de paciência com este simpático narrador, pois ele nos contará suas lembranças, e em alguns momentos teremos devaneios, e muitos detalhes sobre sua vida. Ele nos contará toda sua juventude, seus amores, medos, romances e seu relacionamento com a mãe. Além claro de contar como era aquela época, a cultura, costumes. Iremos acompanhar o avanço da tecnologia como a chegada do rádio e depois TV.

“Os artigos eram anunciados com tanta perspicácia que geralmente as pessoas eram induzidas a comprar coisas de que não necessitam de verdade”

Os Pássaros é um romance interessante com altos e baixos durante a leitura. Mesmo o protagonista vivendo momentos conturbados em sua vida, no trabalho e a chegada dos pássaros. Ele consegue levar a vida com muita leveza e ao mesmo tempo faz várias críticas a sua sociedade. Em alguns momentos ficamos cansados um pouco de sua rotina, mas ele consegue em seguida equilibrar a narração colocando um pouco de tensão com o comportamento estranhos dos pássaros. Estes pequenos seres invasores tomam conta de tudo, do céu, das águas. Deixando tudo poluído, sujo. A população fica sem água e com isso tudo fica mais difícil. E ninguém sabe o que fazer com as aves. Mas elas não só poluem e assustam. Elas matam também. Vai haver uns casos bem estranhos, o que deixa as pessoas mais confusas. Mas percebe-se também certo conformismo de alguns. E para outros é novidade, excitante. Enquanto algumas pessoas estão apavoradas com seus destinos.

Uma narrativa simples. E com um enredo muito interessante e sombrio. Conseguimos sentir toda a atmosfera tensa e fria da trama. Como a chegada dos pássaros deixou tudo mais tenebroso. Mexendo principalmente com o psicológico de alguns personagens. Conseguir visualizar os pássaros através do narrador e também sentir certo pavor ao me colocar no lugar destas pessoas. Além de abordar a invasão dos pássaros, nosso protagonista nos mostram várias facetas da época , e assim também conseguimos ver várias semelhanças com nossa sociedade atual e isto torna o livro mais interessante ainda, como alguns estereótipos que é colocado a homens e mulheres. Também falará de sexualidade entre ouros temas relevantes para nossa construção como ser social.

“Se um homem fosse delicado, era chamado de efeminado; se uma mulher fosse forte e capaz, era considerada pouco feminina.” (Pag. 98)

Uma boa história, envolvente com uma trama diferente. Um romance psicológico suave e nostálgico ao acompanharmos o passado do narrador. Cheio de sentimentos e ao mesmo tempo sombrio.  E o final foi bem surpreendente para mim, pois fiquei com a mesma sensação da Anna. ( quando lerem irão entender).

“Qual era o verdadeiro significado dos pássaros?”

A edição é linda, capa maravilhosa, corte em preto, possui algumas ilustrações. Mais um livro lindíssimo da editora. E para quem ama clássico e um suspense psicológico. Está super indicado. Um livro para saborear sem pressa, sombrio, poético e reflexivo.

“Vá em frente e leia. E fique atento se ouvir uma leve batida na janela” ( Frank Baker) 












15 Comentários

  1. Nossa, esse filme me aterrorizou durante a adolescência que cheguei até a ter pesadelos com ele. Teria que respirar fundo para iniciar essa leitura.

    ResponderExcluir
  2. A leiga como sempre nunca ouviu falar nten do livro e nem do filme -.- e que livro, hein!? Eu só fiquei meio assim em relação a narrativa, em certos pontos ela me pareceu bem cansativa, já que ele vai falando sobre a vida dele e tudo mais. Mas gostei bastante, beijos.

    ResponderExcluir
  3. Era em mais nova quando vi esse filme e tive pesadelos, apesar dessa edição linda, não sei se leria... medo rs
    Bjs
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  4. Um livro, ou mesmo um filme de terror precisam colocar o leitor (ou telespectador) na posição de medo, e isso só acontece quando nos colocamos no lugar dos personagens da trama. Pelo visto isto ocorre aqui, o que por si só, já mostra os méritos do livro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Nossa, as capas da Darkside são uma atração à parte... Ainda não tive o prazer de ler nem de assistir ao filme, mas parece-me bem intrigante. Fiquei bem curiosa com um detalhe que mencionou... qual a sensação de Anna?? hahahaha

    Bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Esse livro lindo com essa edição perfeita está na minha lista de compras, louca por ele. eu gosto desse tom sombrio que o enredo traz.

    ResponderExcluir
  7. MENINA, ARRASOU NAS FOTOS O:

    Estou desejando este livro há tempos e ainda não tive a oportunidade de realizar a leitura.

    Fiquei mais apaixonada ainda após ler sua resenha!!

    “Vá em frente e leia. E fique atento se ouvir uma leve batida na janela” ( Frank Baker)

    Este quote me deixou incrédula! Preciso logo ir em frente e realizar a leitura!!!

    Parabéns pela resenha (:

    ResponderExcluir
  8. Oiii Ana, tudo bem?
    Esse é um dos livros que realmente tenho muito interesse em realizar a leitura, gostei muito de ver a edição e parece estar encantadora! ótima resenha também, soube ser convincente.
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  9. Darkside sendo Darkside hahahah me interesso muito pelo livro desde que descobri q o filme do Hitchcock havia sido baseado nele, mas nao sabia do enredo ate entao. Achei a proposta do narrador bem bacana!! Lerei em breve!

    Atenciosamente,

    Tiago Valente

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Que resenha linda! Adorei! também gostei muito da capa do livro, o qual não conhecia mas fiquei interessada! Dica anotada!
    http://colecionandoromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    a narrativa simples me chama atenção para o livro, mas essa tensão durante a leitura já me deixa com receio, pelo menos no momento.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Como sempre, a Darkside arrasando nas edições de seus livros. Essa narrativa simples me chama muito a atenção, espero um dia poder conferir, tenho certeza que vou gostar do estilo da obra.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Olá, como vai?
    Não sabia dessa história babado de processo aí não.
    Nem sabia que o filme era baseado nessa obra, não sabia dessa obra devo confessar.
    Mas já quero ler o livro com certeza, ele é lindo.
    Amei seu post.
    Beijo
    https://qadulta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Que capa maravilhosa *-* Me interessei pelo livro, vou pesquisar um pouco mais sobre ele!
    Sua resenha ficou ótima, valeu a dica!
    Beijos e boas leituras

    ResponderExcluir
  15. É uma das edições mais lindas da Dark né? Mas ainda acho a história fraca demais para deixar outras leituras de lado por ele. Não me pareceu acertar na narrativa.

    ResponderExcluir