Título: Essa Luz Tão Brilhante
Autora:Estelle Laure
Ano:2016
Editora:Arqueiro
Número de páginas:208
Skoob:Adicione Compre:Amazon

Sinopse: O pai dela surtou e foi internado. A mãe disse que ia viajar por uns dias e nunca mais voltou. Wren, sua irmãzinha, parece bem, mas já está tendo problemas na escola. Lucille tem só 17 anos, e todos os problemas do mundo. Se não conseguir arrumar um emprego para pagar as contas e fingir para os vizinhos que está tudo em ordem, pode perder a guarda da irmã. Sorte a dela ter Eden, uma amiga tão incrível que se dispõe a matar aulas para ajudá-la. Azar o dela se apaixonar perdidamente justo agora, e justo por Digby, o irmão gêmeo de Eden, que é lindo, ruivo... mas comprometido.
Essa luz tão brilhante é a história de uma garota que descobre uma grande força dentro de si enquanto aprende que a vida e o amor podem ser imprevisíveis, assustadores e maravilhosos – tudo junto e misturado.



A vida de Lucille não podia estar mais complicada. Seu pai tem um surto e precisa ser internado em uma clínica psiquiátrica, sua mãe não aguenta a pressão e some de casa sem dar notícias, deixando sobre as costas da filha, de apenas 17 anos, a responsabilidade de cuidar da irmã mais nova assim como da casa inteira. As coisas já não estão fáceis, e como todo coração adolescente, o de Lucille bate mais forte por alguém especial, e esse sentimento tem tudo para atrapalhar não só os seus planos, como os dele.

Com uma casa já quase sem comida, uma irmã de nove anos para tomar conta e sem dinheiro algum no bolso, Lucille está desesperada sem ter notícias concretas de seus pais. O que fazer para que a verdade não caia em mãos erradas e ela não tenha seu único fio de esperança arrancado de si? Tudo que restou à Lu foi sua irmã Wren e ela simplesmente não pode perde-la.

Pela primeira vez me aventurei em um livro jovem adulto em que o foco do romance é em um casal, no qual o garoto já tem namorada. Confesso que fiquei com um pé atrás, pois não sabia o que esperar de uma história assim. Mas as coisas se desenrolaram de uma forma bem direta, que não deixou espaços para um grande drama em torno do assunto, afinal Lucille já possuía problemas demais em sua vida.

No meio de sua louca caminhada, há na vida de Lu muito mais que amigos, ela conta com a ajuda de Eden, sua melhor amiga de infância, seu irmão gêmeo Digby, por quem mantém uma paixão desde muito nova, e os maravilhosos pais dos gêmeos. A família Jones é simplesmente fantástica com Lucille, ajudando-a em tudo que é necessário, mesmo sem saber ao certo a magnitude do que se passa com a garota.

Como mencionado, nossa protagonista tem diversos problemas atípicos para os livros dessa categoria, um ponto que me intrigou bastante pois fiquei imaginando como alguém de dezessete anos lidaria com isso na visão da EstelleLaure. E o que descobri é que temos uma personagem que, mesmo desacreditando de sua capacidade no início, acha em si uma força que independe de idade. Uma força que passa a guiar suas ações e trazem certo equilíbrio entre o romance e a vida conturbada de Lucille.

“Explique qual é o objetivo de viver se você não estiver disposta a lutar pelas verdades do seu coração, a correr o risco de se machucar.
Você precisa ter fúria. ”

O livro é narrado em primeira pessoa, o que torna a experiência bem interessante, pois conseguimos ter uma visão completa do que a protagonista está pensando e o porquê de estar agindo. Em compensação senti que houve um déficit no clímax da história. Assim que me deparei com os fatos, me surpreendi e realmente fiquei curiosa, mas aos poucos senti que se perdeu um pouquinho e fiquei esperando algo acontecer. Não fui ruim, mas senti que faltou algo para que me prendesse um pouco mais.

É um livro escrito de forma leve, e em alguns momentos poético. Muito gostoso de ler, principalmente se você é um adepto convicto de livros Jovem Adulto. Estelle abordou temas que não são comuns nesse universo, e gostei bastante disso. Recomendo!










12 Comentários

  1. Oi Aline! Tenho muita curiosidade em ler esse livro e espero me surpreender mais do que você hahaha É bem chato quando a gente cria certa expectativa em relação ao que vai acontecer ao decorrer de uma leitura e o clímax não chega né. Mas faz parte. Gostei muito da sua resenha, bem clara e objetiva.

    Abraços
    www.ascronicasde1livroviajante.com.br

    ResponderExcluir
  2. Aline, ao ler sua resenha percebi o quanto esse livro é a minha cara. Estou em um momento de vida precisando de livros leves. Contudo, irei com menos expectativas que você.
    O que te aconteceu, me aconteceu ao ler o livro "eu, você e a garota que vai morrer"

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi linda,

    Gosto muita do enredo desse livro porque ele segue uma linha diferente dos livros desse gênero e por isso me encantei por ele e também pelo centro da história ser na falta de fé da Luci em si mesma e como ela consegue encarar os problemas mesmo sem conhecimento prévios.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oiii Aline, tudo bem?
    Que coisa mais linda esse livro, com toda certeza quero realizar a leitura, parabéns pela sua resenha que ficou um arraso, quero ler e saber como a personagem irá reagir diante de tantos problemas <3
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Olá, Aline!
    Estou louca por esse livro, e sua resenha só me fez querer mais ainda!!!! haha
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  6. Oi Aline !!!
    Que interessante esse livro. Gostei bastante da resenhas.
    Com certeza, uma ótima indicação, vale muito a pena.
    Ótimo você compartilhar, bjooo

    http://blogaventuraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi!!
    Só a capa desse livro já me deixa com vontade de ler, essa combinação de cores é linda demais. A história em si chamou a minha atenção, é uma pena que a leitura não foi tudo que você imaginou.
    É tão ruim quando começamos uma leitura que deixa a gente curiosa, mas as coisas não acontecem da forma que esperamos.
    Eu daria uma chance a esse livro com toda certeza.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  8. Olá, Aline! A cada resenha de "Essa luz tão brilhante" fico mais interessada pleo livro e a sua também veio contribuir pra isso! O fato do livro abordar temas incomuns para a idade da personagem me deixa ainda mais curiosa. E eu simplesmente AMEI o quote que você selecionou... Verdades do coração....Que possamos lutar sempre por elas! <3
    Parabéns pela resenha!

    Bjs,
    Yohana Sanfer
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá, adorei a resenha, ainda não tinha lido nenhuma sobre essa obra e gostei muito.

    Parabéns!

    Já vou anotar a dica pra conferir também!

    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Opa, a m o YA's, então, é um livro pra mim, com certeza <333
    Eu já o vi por aí, mas nunca tinha parado para ler nem mesmo a sinopse. Gostei muito e gostei dos pontos que você expôs na resenha! :)
    Realmente, eu quase não leio livros cujo protagonista já tem uma namorada e, apesar de clichê, acho que aflora bastante a nossa curiosidade, né? Tudo depende de como o autor trabalha o conflito.
    Com certeza, leria esse livro! :D

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir

  11. Oii, tudo bem?
    Eu já amo livro joven jovem adulto é uma das minhas leituras favoritas, tenho ouvido o pessoal comentar muito sobre esse livro e claro, estou super curiosa para fazer a leitura.
    Adorei o post, parabéns.
    Abraços da Mary
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oie
    Tudo bom?
    Eu acabei de ler esse livro é tenho que concordar que a autora se perdeu um pouco na história, senti falta de algo a mais.
    Bela resenha.
    Beijo

    ResponderExcluir