Título: A Outra Vida
Ano:2012
Número de páginas: 268
Editora: Novo Conceito
Skoob:Adicione


Sinopse: O mundo de Sherry — de uma hora para outra — mudou completamente. Por causa de um vírus muito contagioso, as pessoas que ela costumava conhecer, e quase todas as pessoas de sua cidade, Los Angeles, na Califórnia, se transformaram em mutantes assustadores.
Esses mutantes têm uma força excessiva, são ágeis, o corpo é coberto de pelos, eles lacrimejam um líquido imundo e… comem gente! Portanto, não há muito o que fazer — talvez tentar fugir — quando se encontra algum deles. A não ser que você tenha ao seu lado a força e a determinação de um jovem como Joshua.
Joshua perdeu uma irmã para os mutantes e sua raiva é tão grande que ele seria capaz de vingar todos aqueles que perderam alguém para as criaturas. No entanto, para que esta revanche aconteça, é preciso prudência. Afinal, até que ponto a disseminação deste vírus foi uma coisa realmente natural? Que poderosos interesses estão por trás desta devastação?
E será que Joshua e Sherry conseguirão ter a cautela necessária para lutar contra as criaturas justo agora que seus corações estão agitados pelo começo de uma paixão?


A Outra Vida traz a história de Sherry, uma garota de 15 anos que vive em um abrigo junto com sua família, pois um vírus misterioso tomou conta a cidade de Los Angeles, transformando as pessoas contaminadas em criaturas selvagens e sem nenhum resquício de humanidade.

“ [...] O vírus os transformou em predadores sem consciência. Esqueceram quem eram. Não têm mais memória”

Tudo muda quando a comida do abrigo acaba, e Sherry e seu pai tem que sair para tentar encontrar algum alimento. Já se passaram 3 anos, 1 mês e 6 dias sem ver a luz do sol. 3 anos, 1 mês e 6 dias sem ter contato com nenhuma pessoa além da sua mãe, pai, irmãos e avó. 3 anos, 1 mês e 6 dias sem saber como é respirar ar puro. Sem saber o que é ter liberdade de locomoção. Ao sair, Sherry encontra uma Los Angeles totalmente destruída. A cidade que antes era conhecida por ser cheia de vida, agora se encontra totalmente abandonada e habitada por criaturas ferozes.  Depois do choque, ambos vão atrás de comida – e também de tentar voltarem vivos para o abrigo.

Ao encontrar um supermercado abandonado, eles adentram o local e encontram alguns itens comestíveis. Mas o que eles não contavam é que ali também tinham Chorões.

“Os Chorões não eram nem seres humanos nem animais. Eram alguma coisa. Alguma coisa errada”

Os mutantes atacam os dois e por alguns minutos Sherry perde seu pai de vista. Após o ataque, ela começa a procurar a procura-lo, mas só encontra rastros de sangue ainda quente no local. Desesperada e com medo, ela acaba se dando conta que lá no supermercado tem outra pessoa. Outro sobrevivente. Joshua. Será se seu pai está vivo? Se sim, para onde eles poderiam tê-lo levado? O que vai acontecer agora com o restante de sua família? Joshua poderia ajudar? Quem é Joshua?

O livro é narrado em primeira pessoa, intercalando entre presente e pequenos capítulos no passado, relatando como era a outra vida de Sherry antes do vírus (entenderam o trocadilho do título ?! haha). Já vou logo adiantando que gostei da protagonista. Ela é bem madura para a suaidade, é determinada, é daquelas que não se dá por vencida, sabe ?! Ela se apega na esperança de resgatar seu pai com vida, e vai fundo mesmo sem nunca ter lutado com um Chorão, sem nunca ter atirado em alguma coisa viva, mesmo sem entender sobre como funciona esse novo mundo. Um mundo de guerra e luta pela sobrevivência.

Foto: Geisiane Caroline

A narrativa é boa, gente. Sério. A autora vai te instigando a cada página, e vai te ambientando muito bem na história. Quando aparece algum elemento novo,ela faz questão de interligar com algum fato do passado; e isso é excelente, pois assim os leitores não se sentem perdidos e com a sensação de ter muita coisa lhes sendo apresentado, mas sem nenhuma conexão real e importante com a história apresentada.

Outro ponto positivo – em minha opinião – é que a descrição do ambiente não é extremamente detalhista. Tem leitores que gostam de muitos detalhes, pois assim a sua imersão na história se torna mais concreta, mas, comigo não rola. Acho que é por isso que ainda não arrisquei ler nada do Tolkien, pois muita gente comenta que esta é uma característica forte do seu estilo de escrita. Enfim, a Susanne vai te apresentar apenas aquilo que lhe é importante à leitura. Nadademais, nem de menos. É no ponto. E isso faz com que a leitura seja muito mais dinâmica e fluida.

O romance também não deixa a desejar. É construído de maneira gradativa, sem aquela coisa de “amor à primeira vista”. Além de todos esses elementos, a narrativa apresenta uma série de questionamentos e críticas ao Governo.

“ [...] O Governo é culpado por estarmos vivendo desta forma. Estamos por nossa conta. Ninguém virá nos salvar. Ou eu saio e vejo o que está acontecendo e trago comida, ou vamos morrer de fome neste abrigo. ”

“[...] E se o Governo não quisesse que descobríssemos que não tinha conseguido conter as pessoas contaminadas pela raiva e, por isso, preferiu bombardear a cidade inteira? ”

Em algumas partes do livro, parecia que eu estava lendo MazeRunner. O plot é um pouco parecido. Mas aí lembrei que o livro foi escrito e publicado em 2012/2013, bem na época do “boom” dos livros distópicos e pós-apocalípticos. Acho normal livros desses gêneros apresentarem algumas semelhanças em sua estrutura. Enfim, gente. Recomendo. É um livro com ação, romance, drama, tudo na medida. Além de ter uma narrativa fluida e envolvente.





17 Comentários

  1. Pois é, você me convenceu. Já até abri aqui a página da Saraiva pra ver o preço. Quero ler xD Apocalipse é comigo mesma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom hahahaha. Espero que você goste :)

      beijão

      Excluir
  2. Olá! Lendo a sinopse, me pareceu um livro clichê, "mais do mesmo", e como você disse que ele é da época do boom de distopias, deve ter muita semelhança com as outras mesmo. Mas com tantos elogios à história, fiquei tentada a ler e tirar minhas próprias conclusões. rs
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, leia :) quem sabe você possa se surpreender !

      beijooos

      Excluir
  3. Olá!
    Adoro livros sobre o fim do mundo e apocalipses, então só isso já chamaria a minha atenção. Gostei muito da trama e a protagonista parece ser bem forte mesmo e muito decidida, adoro mulheres assim. É claro que já vou adicionar nas minhas listas de leituras.
    Beijos.
    https://arsenaldeideiasblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adoro personagens femininas fortes haha. Espero que goste do livro :)

      beijoos

      Excluir
  4. OOi!
    Aaaah, falou em distopia já venho correndo!!
    Sério, distopias é um dos meus gêneros preferidos, se não O preferido. Quando há romance então....
    Dica mais que anotada, já vou adicionar a lista de leitura aqui no skook.
    Obrigada pela dica, não conhecia o livro!

    Beijoos!
    http://estantemineira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que desfrute a leitura, Catrine :)

      beijooos

      Excluir
  5. Menina,eu sempre vi esse livro e achava que era algum tipo de romance,nunca imaginei que era pós-apocaliptico que é uma coisa que eu ADORO,A historia parece bem legal mesmo eu achando que não parece trazer nada de novo para um mundo pós apoca.
    eu achei a capa bem feinha viu kkk mas não podemos julgar um livro pela capa,com certeza farei a leitura,beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E não traz mesmo haha. Mas vá sem expectativas, você pode acabar gostando

      beijooos :)

      Excluir
  6. Olá!

    O livro parece bem interessante e achei diferente essa parte do vírus mostrando que se transformam em criaturas selvagens e não em zumbis como acontece na maioria das estórias com essa pegada. Fique mega curiosa para saber o que acontece com o pai e a família dela, e claro quem é esse tal de Joshua.

    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Pamella :)

      Espero que goste da leitura !

      beijooos

      Excluir
  7. Olá, tudo bem?

    Achei o livro particularmente interessante, fiquei com vontade de ler, isso em parte pela sua resenha e também a temática, que retrata um apocalipse ou o "fim" do mundo. O enredo parece estar bem construído. Adorei!
    Bjusss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é bem interessante. Pode ser uma grata surpresa :)

      beijooos

      Excluir
  8. Adorei ver esse livro resenhado aqui. Desde que ele foi lançado que tenho vontade de lê-lo, mesmo não sendo fã dos famosos zumbis. E agora lendo sua opinião fiquei ainda mais empolgada.
    Gostei também da comparação ao ritmo da narrativa e ao estilo de Maze Runner, já que amei esse livro.
    Só fiquei na dúvida se é um livro único ou se tem uma sequencia que ainda não foi lançada, mesmo anos após o lançamento do primeiro livro???

    Enfim amei a resenha, reacendeu meu interesse na leitura.
    Beijos
    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Aline :)

      Ele tem sequencia, mas se não me engano, ainda não foi lançado no Brasil. Só lá na gringa mesmo :(

      beijoos

      Excluir
  9. Olá, não conhecia a obra e já me interessei...gosto de enredos pós apocalípticos envolvendo zumbis e outras criaturas. Adorei a resenha, parabéns!

    Abraços

    ResponderExcluir