Título: Eu Sem Você
Autor(a): Kelly Rimmer
Ano: 2016
Editora:Arqueiro
Skoob:Adicione
Número de Páginas: 304
Cortesia: Livro cedido em parceria com Editora Arqueiro
Compre: Amazon

Sinopse:Há um ano, conheci o amor da minha vida. Para duas pessoas que não acreditavam em amor à primeira vista, até que Lilah e eu chegamos bem perto de dizer que isso aconteceu conosco. 
Eu tinha um bom emprego em uma agência de publicidade e não fazia outra coisa além de trabalhar. Era incapaz de tomar decisões sobre meu futuro e minha casa inacabada e não sabia aproveitar a vida. Até conhecer Lilah. 
Lilah MacDonald era uma advogada ambientalista linda e decidida – e, para minha surpresa, detestava usar sapatos. Era uma pessoa tão maravilhosa que é até difícil descrevê-la. 
Nosso relacionamento não poderia ser mais improvável, mas me transformou profundamente. Comecei a enxergar as coisas de outra forma e a redescobrir antigas paixões. Lilah me ensinou a viver outra vez e a aproveitar ao máximo tudo o que a vida tem a oferecer. 
Ela me proporcionou momentos incríveis, mas também manteve em segredo algo que partiu meu coração. Ainda assim, se há uma coisa que aprendi com Lilah é que o amor pode curar qualquer ferida. 
Meu nome é Callum Roberts e esta é a nossa história.


Callum Roberts tem uma vida comum. Após uma infância e adolescência não muito marcantes, tomou um rumo pacato em sua idade adulta, vivendo, basicamente, entre o trabalho e a casa. Em contrapartida, Lilah MacDonald leva uma vida agitada, imersa em inúmeros casos dentro de seu escritório de advocacia. De uma forma pouco convencional, Callum e Lilah se encontram e passam a viver muito mais que uma história de amor juntos. Ambos não poderiam ser mais diferentes um do outro, enquanto Cal se orgulha de ser um carnívoro convicto, Lilah segue à risca uma dieta vegana e não abre mão de seu lado “riponga” – como a mesma gosta de dizer. Nossa personagem principal tem verdadeira aversão a relacionamentos e deixa isso claro desde o princípio, já Callum é um romântico enrustido, tendo em seu íntimo o desejo de encontrar o que viu na vida conjugal de seus pais.

“São as áreas em que somos diferentes que tornam as coisas interessantes e as áreas que temos em comum que fizeram com que nos encontrássemos. ”

Kelly trouxe um romance com personagens adultos, os dois com quarenta anos, e uma grande bagagem de vida nas costas. Em certos momentos questionei um pouco se alguém com essa idade teria certas atitudes, mas não tenho uma grande experiência com livros em que essa faixa etária seja evidente, então não vi como um problema para a história.

Há uma grande evolução na vida dos personagens, no início temos um Callum quase apático, vivendo uma vida monótona, em um pequeno ciclo social e sem contato com a família. Sua mudança gradativa foi um grande ponto positivo para o livro. Lilah, no entanto, é intensa em sua totalidade, fazendo com que suas atitudes quase sempre me surpreendessem.

“[...]- Não é a idade do brinquedo que me faz lembrar de você. É a maneira como ele acelera em um piscar de olhos e vira para um lado e para o outro sem avisar. É a euforia da brincadeira, mesmo quando você está morrendo de medo.
- Isso foi um elogio?
- Entenda como quiser. ”

A narrativa alterna entre capítulos com pontos de vista dos dois personagens principais, sendo que os de Lilah são sempre mais curtos, já que seguem o formato de diário.
Como a maioria dos livros de romance, Eu sem você é focado apenas no relacionamento de Cal e Ly. Enquanto lia, a característica que o diferenciou de outras histórias foi o crescimento explícito do amor entre os personagens. Apesar de ter iniciado de forma repentina, sua força foi gradual, e fui capaz de praticamente sentir quando ambos se entregaram um ao outro, sem que, necessariamente, tivessem dito isso.

Desde o início certas atitudes me mostraram o que iria acontecer, então não me surpreendi muito com o desenrolar do livro, mas a forma como Rimmer trabalhou os fatos foi boa, e até me emocionei enquanto lia.

Eu sem você mostra a evolução de um sentimento tão puro e ao mesmo tempo tão intenso, o crescimento de duas pessoas maduras ante a descoberta do amor, a força e a coragem em momentos de desesperança.









16 Comentários

  1. Olá, pela sua ótima resenha, fiquei interessada no livro por gostar de romances, e achei legal os protagonistas dele serem mais velhos, mas pela sinopse e título, suspeito que o final não seja dos mais felizes e por isso não sei se leria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mari!
      Olha, entendo o medo, as vezes fujo de tristeza nos livros, mas se você gosta de romances, acho que vale a pena, viu?!

      Beijo!
      Aline ;)

      Excluir
  2. Sabe que me arrependi de não ter solicitado esse livro? Deve ser uma leitura ótima, adoro livros que mesclam entre dois personagens.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra quem gosta de romances é uma ótima leitura mesmo, Helana! Recomendo, se tiver a oportunidade de ler!

      Beijo!
      Aline ;)

      Excluir
  3. A primeira impressão que tenho é vai ser um belo romance clichê e eu odeio isso, mas certamente é um ótimo livro. Apesar de ser um típico romance ele tem o seu diferencial e
    vou explora-lo devidamente.
    Xo, http://letrasemvida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um pouco clichê, sim, mas a autora colocou certos diferenciais e resultou em um bom livro. Espero que goste dele!

      Beijo!
      Aline ;)

      Excluir
  4. Aline, gostei muito da história trabalhar com personagens mais maduros e também curti que você disse que dá pra ver a mudança no crescimento do amor deles.
    Fiquei bem curiosa para ler, pois gosto muito de romances.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super recomendo esse livro pra quem gosta de romance, Déborah! E sim, a mudança e o crescimento do amor deles é realmente muito bom de se ler.

      Beijo!
      Aline ;)

      Excluir
  5. Oiii Aline, como vai?
    Garota que história fascinante, só posso dizer que choraria o tempo todo HAUHAUAHAUAHAUHAU essas coisas mexem comigo, parabéns pela sua resenha que está incrível e super anotada a dica.
    Beijinhoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Morgana. Tudo bem e você?
      Hahahaha eu sou bem chorona também, mas até que não derramei muitas lágrimas nesse, não. Mas recomendo se você é fã de romances!

      Beijo!
      Aline ;)

      Excluir
  6. Nossa, que legal! Adorei sua resenha e fiquei muito interessada no livro, principalmente, porque adoro histórias que falam de pessoas adultas, suas complicações, medos, angústias... Vou colocar na minha lista! Obrigada pela dica =)

    http://olhoscastanhostambemtemoseufascinio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da resenha :D
      Espero que possa ler e que goste do livro!

      Beijo!
      Aline ;)

      Excluir
  7. Olá,que eu me lembre somente li um livro de romance que continha personagens dessa faixa etária e foi "o casamento" do Nicholas sparks e me lembro que gostei muito, então acho que outra experiência com um casal assim vai ser muito bom já que só focamos em casais jovens, ver outro lado do amor será bom.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabriela!
      Gostei da faixa etária dos personagens desse livro, inclusive vou anotar esse do Nicholas que você citou.

      Beijo!
      Aline ;)

      Excluir
  8. Olá Aline, não conhecia essa obra, mas curti sua resenha...mesmo eu não gostando muito de romance, acho que leria esse.

    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Que bom que gostou da leitura. Confesso que quando foi lançado fiquei curiosa, mas como estou evitando romances mais dramáticos ainda não pretendo ler, quem sabe depois. Beijos

    ResponderExcluir