Título:  Deixe-me Entrar (Let Me In)
Ano:  2011
Direção: Matt Reeves
 Duração:  1h52min
Gênero: Terror, drama, suspense
Elenco: Kodi Smit-McPhee; Chloë Grace Moretz; Richard Jenkins... entre outros.
Nacionalidade: EUA
Assistido  : Netflix


Sinopse: Owen (Kodi Smit-McPhee) é um garoto solitário, que vive com a mãe e é sempre provocado pelos valentões da escola. Um dia ele conhece, perto de sua casa, Abby (Chloe Moretz). Sempre nas sombras, ela aos poucos se aproxima de Owen e logo se tornam amigos. Só que Abby possui um segredo: ela é muito mais velha que sua aparência indica e necessita de sangue para sobreviver. Para consegui-lo, seu acompanhante (Richard Jenkins) realiza assassinatos na surdina, de forma a retirar o sangue das vítimas e levá-lo para Abby.




Deixe-me entrar foi um filme que me conquistou a cada cena. Gostei logo de Owen . Um menino recluso, triste e solitário. Que está no meio da separação dos pais, e vendo toda a dor de sua mãe. E para completar sofre bullying na escola. Vive sendo torturado psicologicamente e fisicamente por três garotos, metido a valentões. E isto me deixou logo penalizada e com raiva, pois vemos como isto está fazendo mal a este garoto, que tem apenas 13 anos e está entrando na puberdade, se conhecendo e cheio de dúvidas.


Em uma noite chega uma vizinha nova, a Abby, garota que aparenta ter sua idade, aos poucos vão se aproximando e vai surgindo uma amizade, mesmo Abby avisando que eles não podem ser amigos. Mas o laço se torna mais forte do que a vontade de manter distancia, e surge uma linda amizade. Mas Abby tem segredos, e Owen percebe que tem algo estranho com sua nova amiga. Abby necessita de sangue para sobreviver. E está havendo assassinatos na cidade. O detetive que está investigando, alega que possa existir uma ceita demoníaca. E realmente ficamos em dúvida o que é Abby, se é um demônio, um animal. Só sabemos que ela precisa de sangue, e quando está com muita fome, mata. Mas depois percebemos o que ela é. No meio da vida triste de Owen, Abby se torna a única coisa real e sincera. Tanto, que a condição dela só se torna um detalhe.
  


Um filme de terror, com drama e que me emocionou muito. Uma amizade linda, com problemas pela condição de Abby, mostrando como ela é perigosa, mas que o amor da amizade pode salvar tanto Abby de sua solidão, como Owen de sua vida reclusa e cheia de medo.

Filme simples que se tornou um dos meus favoritos, pois criei um carinho enorme pelo Owen e sua amiga monstro. Existe outra versão do filme, o sueco, que já vi e adorei. Agora só me resta ler o livro, e reviver esta história maravilhosa.





Foi um dos melhores filmes do gênero que já vi. Não romantizaram a condição de Abby. Mostraram como ela é uma assassina perigosa, e que quando quer se alimentar, não tem limites. E que não tem nada de legal ou bonito em ser o que ela é. O filme aborda também o bullying, vingança, falha no sistema de educação escolar, depressão, religião, entre outros assuntos. Super recomendado, se puder veja a versão Deixa ela Entrar (Sueco). 

Livro.
O livro foi publicado aqui no Brasil em 2013 pela Editora Globo Livros.











7 Comentários

  1. Tu assistiu ♥ ♥ eu tô com esse filme na minha lista, já falaram que ele é um suspense muito bom. Gosto de adolescentes fazendo esses papeis assim misteriosos.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  2. Oie Tudo bom??
    Eu tinha visto o livro e nunca imaginei que era terror! huhuhu
    Vi o trailer do filme, e realmente parece ser muitoooo bom!!! Fiquei curiosa mesmo não gostando muito de ver filme de 'terror', é a pessoa é cagona mesmo!
    Vou procurar no Netflix! Obrigada

    ResponderExcluir
  3. Ana gostei muito da sua resenha e vou assistir este filme. Tenho uma filha de 15 anos e acho importante ver estes filmes até para compreender o ambiente em que os adolescentes vivem hoje em dia. Sofri Bullying quando era adolescente porque estava sempre acima do peso e é terrível. Como mãe procuro conscientizar a minha filha para não cometer tal prática.

    Beijos
    jusemfrescura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Faz tempo que escuto falarem desse filme, acho até interessante, mas nunca o assisti. Mas agora me decidi, vou assistir nesse final de semana, custe oq custar, kkkkkk...

    Bjs...
    http://newworldbr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oie que bacana, eu sempre me interessei pelo livro e não sabia que existia filme também. Que bom saber que misturaram drama e terror, acho que isso teve um bom resultado. Fiquei bem interessada em assistir e vou procurar. Obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  6. Por estar escrito "terror" ali no gênero eu nunca assistiria, mas você me deixou curiosa com a parte de a menina se alimentar de sangue. Fiquei me perguntando se ela é vampira haha.
    Se eu criar coragem, vou assistir. Beijão, Mari

    ResponderExcluir
  7. Oie
    eu assisti o filme mas não imagina que era de vampiros, acabei não vendo inteiro pois não curto muito o gênero, mesmo assim, sua resenha está bem legal e quem sabe eu volte a assistir qualquer dia

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir