Título: Eu sei o que vocês fizeram no verão passado
Autora: Lois Duncan
Ano:2014
Editora: Benvirá
Número de páginas: 224
Skoob: Adicione
Comprado na: Amazon:

Sinopse: Neste clássico de Lois Duncan, levado ao cinema em 1997 com Ryan Phillippe, Freddie Prinze Jr., Sarah Michelle Gellar e Jennifer Love Hewitt, quatro jovens atropelam uma criança de 10 anos e fogem sem prestar socorro. Um ano depois, quando tudo parecia enterrado no passado, um misterioso bilhete traz tudo à tona e ameaça o futuro – e a vida – dos jovens. No bilhete, uma única frase: EU SEI O QUE VOCÊS FIZERAM NO VERÃO PASSADO.

Após uma festa, Julie, Helen Ray e Barry se envolvem em um acidente que termina com a morte de uma criança de dez anos. Com medo das conseqüências, os quatro jovens fazem um pacto: não contar a ninguém o que aconteceu naquela noite.

Agora, um ano depois, quando Julie recebe a carta de aceitação da Universidade Smith, recebe também outro envelope, e o conteúdo se revela perturbador. Alguém sabe o que eles fizeram no verão passado. Um a um, eles começam a receber pequenos lembretes daquela noite fatídica:

Helen, um anúncio de revista com uma criança andando de bicicleta, e Ray, recortes de jornal da época do acidente.


 Hoje vamos falar de um clássico de 1978 que fez muito sucesso, e é muito conhecido, com certeza já ouviram falar no filme Eu Sei o que vocês fizeram no verão passado de 1997. Pois é, é baseado neste livro.  Mas vou logo adiantando que se você quer terror, não encontrará neste livro, o que torna o filme bem melhor neste aspecto.



A história é focada em quatro adolescentes que tem um segredo em comum, fizeram algo horrível no verão passado. Julie, Helen, Ray e Barry, jovens entre 16 a 18 anos. Que depois de beberem e fumarem algum baseado, dirigem em alta velocidade pela estrada e atropelam uma criança de 10 anos, o Daniel, que estava passando de bicicleta naquele momento. Mas ao invés de voltarem e socorrer a criança, eles decidem fugir. Mas um deles, o Ray, informa a emergência de um acidente na estrada. Mas é tarde demais, o garoto não resiste. Assim dois querendo ir a policia, contra dois que querem deixar o assunto para lá, eles decidem fazer uma votação e vence a opção de ficarem calados, e acabam fazendo um pacto de silêncio, nunca contarem para ninguém sobre o assunto. Assim se passa um ano, e cada um está vivendo sua vida. Mas Julie não consegue esquecer e nem superar o que fizeram se tornando uma pessoa reclusa e triste. Enquanto Helen e Barry parecem muito bem, eles possuem um relacionamento bem estranho, onde a Helen é completamente louca por ele, e faz tudo para agradá-lo, enquanto está na cara que ele não está mais interessado. Barry é bem egoísta e mimado. Enquanto Helen é a menina bonita, que aproveita sua beleza para conseguir as coisas, como seu emprego na TV, percebe-se uma pessoa fútil, que quer apenas ser aceita. Possui uma família humilde e tem uma irmã que é o oposto dela e que sente muita inveja. Pois ela é gordinha e não tem a mesma "beleza" da irmã,  se tornando uma pessoa amargurada que inveja a vida de Helen. Nas partes que aparecem à irmã vemos como a aparência é importante para a cidade. Percebemos logo uma cultura fútil, onde o que importa é roupas, status ou bom casamento. 

 Julie conseguiu ser aceita em uma faculdade deixando sua mãe muito orgulhosa. Mas as coisas mudam na vida destes jovens quando começam a receber sinais que alguém sabe o que fizeram no passado. Deixando alguns preocupados. Começa por Julie que recebe um bilhete anônimo.  E o mais estranho é por que agora. E por que a pessoa não vai a policia. As coisas começam a ficar bem tensas com as ameaças e algumas ações.

Na história vamos acompanhado a vida destes quatros jovens após um ano do acidente. Confesso que a história ficou interessante após certo telefonema que o Barry recebe, assim, deixando todos querendo saber quem ligou, pois Barry diz que foi uma pessoa, e a pessoa diz que não foi ela. E assim se deduz que pode ser a pessoa que está atrás deles. Mas o que realmente nos prende a trama é saber quem está por trás destas ameaças veladas. Não achei um super suspense, pois foi um pouco previsível, mas foi uma leitura rápida. Um suspense juvenil simples, sem enrolação, previsível, ou não, dependendo de quem lê. Mas com  final com uma frase de efeito, que fez eu dá um suspiro de "Oh, fofo". Confesso que para suspense, com certeza foi fraco, porém, bom passatempo. Mas frisando que não tem nada de terror, é um romance leve que não se aprofunda em nenhum dos temas abordados no livro. Este é dos raros episódios que o filme é melhor que o livro.









19 Comentários

  1. Oi Ana,
    Tudo beleza?

    Cara, apesar de já ter assistido os filmes e não ter achado muito bom, me passou uma leve vontade de ler o livro, gosto de livros leves, que não devemos esperar muita coisa.

    Abraços,
    Isaac Zedecc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Isaac. Acredito que você irá curtir, é uma leitura bem despretensiosa, e voltado para adolescentes. A escrita da autora é fácil e ágil.

      Abraços!

      Excluir
  2. Oi Ana!!
    Sério que o livro não tem nada a ver com o filme?Ainda bem porque confesso que odiei o filme kkkkkkkkkkkkk
    É bom termos livros assim que funcionem como passatempo,bom pra relaxar a mente.Não imaginava que esse em especial seria mais um romance/suspense do que terror propriamente dito.Nem cogitava comprar esse livro porque realmente odiei o filme,mas acho que mudei de ideia kkkkkkkkkk
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Tô boba, nunca soube que esse o filme era baseado (ou adaptado) de um livro, adorei!!! Quero ler, ainda mais que tu disse que o livro não tem tanto terror, acho que a diferença deles fica mais interessante.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  4. Como assim, virou romance? O filme é bonzinho, mas também não é aquele terror que assusta as pessoas... Mas pelo jeito eu não iria gostar muito do livro não, e acho que nem irei ler. Eu queria um livro bem pesado, e que melhorasse aquilo que não foi tão chocante no filme. Mas enfim, deve ter sido boa a experiência e puder dizer que o filme é melhor que o livro, rs, o que é bem raro.
    http://blogpausageek.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Lembro que era criança ainda quando vi pela primeira vez esse filme. Fiquei mega tentada a ler esse livro, vai ser uma nostalgia boa! *-*

    Beijos, Thay.
    www.leitoranamoda.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Ana,

    Eu assisti o filme e gostei bastante do enredo e os personagens e a tensão que vai aumentando com as "ameaças" que eles recebem ao decorrer do filme.
    Não sei se leria o livro, porque o filme consegue agregar mais efeitos ao enredo...coisa que tenho certeza que um livro não consegue, como trilha sonora, efeitos da filmagens e afins.

    Beijos,
    poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Passando para dizer que o Chhalé Cult foi amaldiçoado! (Muahahaha)
    Siga as pistas e tenha respostas:
    |http://goo.gl/VB4zbg

    ResponderExcluir
  8. Oi, Ana!
    Fiquei super curiosa com esse livro, acho que iria gostar bastante da história. Adoro suspense e você quer me fazer sair correndo para comprar esse livro com essa resenha né?! Já anotei a dica para futuras comprinhas! hahahaha

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  9. Oi!!!

    Eu já assisti ao filme, mas já mais iria vincular o mesmo com o filme. Achei sua resenha bem explicativa, embora não tenha me motivado. Por dois motivos: assisti ao obra adaptada ao cinema e não achei isso e por o chantagista ser previsível. O que achei bem peculiar foi o fato de você achar o filme melhor do que o livro, realmente ser for assim esse último não é cativante, pois geralmente é o contrário. Beijos!!!

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Não li o livro e nem vi o filme. Muito chato quando é para ser um suspense e de suspense não tem nada, tudo é tão previsível. O bom que é uma leitura rápida e sem enrolação.
    Parabéns pela resenha, ficou bem explicada e muito bom comparar com o filme.
    beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi, Ana.
    Provavelmente, eu já vi algumas partes do filme, pois sou aquela que tem medo de terror haha. Mas eu não sabia que havia um livro, sério. Não fiquei curiosa, ou animada por lê-lo. Se o suspense é fraco, como você mencionou, nem pra isso serve pra mim haha. Tô querendo leituras boas, não somente um passatempo, ultimamente. Mas gostei muito da resenha, por saber da existência do livro :)

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Estou chocado! Eu não fazia ideia que o filme tivesse sido inspirado num livro. Eu gostei do filme quando assisti- há séculos atrás-, mas o final é um horror e me deu muita raiva!

    ResponderExcluir
  13. Wow! Já tinha ouvido falar no filme, mas nunca no livro. Isso é estranho, sabe? Procuro sempre saber se existe o livro sobre tal filme p/ eu ler antes de ver a adaptação. Eu simplesmente adoro suspenses, mas esses previsíveis sempre me irritam pois quando o final chega eu fico frustrada.
    Mas mesmo assim vou adquirí-lo para fazer a leitura, porquê o enredo em si me chamou a atenção.

    Beijinhos da Mady.
    http://mdl-magodoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oiee, não vi este filme e nem sei dizer se darei uma oportunidade, pois ás vezes sou um pouco medorsa, rs. O livro por ser mais romantizado pode ser que eu leia. Valei pela dica e fiquei um pouco curiosa com o filme pelo atores dos quais sou fã.

    Beijos da Fê
    As Catarina´s / Fanpage / Instagram

    ResponderExcluir
  15. Sério que não tem terror no livro? Eu não sei se vi esse filme ou a continuação no cinema, só sei que gritei tanto, mas tanto, que uma criança veio me perguntar depois se eu estava bem... e eu só pensava no que aquela criança estava fazendo no cinema... hehe... morri de vergonha. Eu acho que teria uma opinião diferente da sua e acharia o livro bem melhor que o filme, só de não ter terror já ganha muitos pontos comigo.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  16. Olá.. tudo bem??
    Confesso que nunca tinha tido curiosidade em ler o livro, por conta dos filmes que achei bem fraquinhos... rs... mas lendo sua resenha achei o livro interessante, mesmo não parecendo ser aquele mega suspense... de qualquer forma é uma leitura que pode demorar a ser feita... fiz uma loucura com compras de livros e agora só na bienal rs... Xero!!

    ResponderExcluir
  17. Oie
    sou louca para ler esse livro, o título me atrai muito e o enredo ainda mais, vejo muitas resenhas divergentes, algumas elogiam outras falam bem mal, espero poder ler em breve e gostar, parabéns pela resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Ahh Ana, não acredito que não tem terror no livro? Tenho altas expectativas com essa obra, pois amo a sequencia de filmes; e lendo sua resenha, acho que não vou gostar da forma que imaginava.
    Desde já decepcionada.
    http://lua-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir