Título: A Voz do Arqueiro
Autora: Mia Sheridan
Ano: 2015
Editora: Editora
Número de páginas: 336
Skoob:Adicione


Sinopse:Cada livro da coleção Signos do Amor é inspirado nas características de um signo do Zodíaco. Baseado na mitologia de Sagitário, A voz do arqueiro é uma história sobre o poder transformador do amor.
Bree Prescott quer deixar para trás seu passado de sofrimentos e precisa de um lugar para recomeçar. Quando chega à pequena Pelion, no estado do Maine, ela se encanta pela cidade e decide ficar.
Logo seu caminho se cruza com o de Archer Hale, um rapaz mudo, de olhos profundos e músculos bem definidos, que se esconde atrás de uma aparência selvagem e parece invisível para todos do lugar. Intrigada pelo jovem, Bree se empenha em romper seu mundo de silêncio para descobrir quem ele é e que mistérios esconde.
Alternando o ponto de vista dos dois personagens, Mia Sheridan fala de um amor que incendeia e transforma vidas. De um lado, a história de uma mulher presa à lembrança de uma noite terrível. Do outro, a trajetória de um homem que convive silenciosamente com uma ferida profunda.
Archer pode ser a chave para a libertação de Bree e ela, a mulher que o ajudará a encontrar a própria voz. Juntos, os dois lutam para esquecer as marcas da violência e compreender muito mais do que as palavras poderiam expressar.




Olá, tudo bem.

E hoje vamos conversar sobre A voz do Arqueiro. Sempre ouvir que não devemos julgar um livro pela capa. Pois esta frase serviu para este livro. Eu não estava dando nada para história,por causa da capa.Achava que seria só mais um romance clichê que já estamos acostumados. Pois estava virando marca registrada de alguns New Adult. Mas Mia surpreendeu e fugiu da mesmice. Trouxe-nos um personagem lindo e muito especial.


Bree é uma jovem que perdeu o pai tragicamente e decide ir para uma cidade menor e tirar um tempo para si. Ao chegar à cidade aluga um chalé e arranja um emprego em uma lanchonete. Ela se dá logo bem com alguns moradores, e arranja novos amigos. Bree é uma mulher muito adorável. (Eu gostei muito dela.)

Logo Bree conhece o Archer, um homem misterioso que a ajuda quando suas sacolas de compras rasgam na rua. Ela começa a tagarelar e Archer o tempo todo calado. Ela fica intrigada com aquele rapaz mal vestido e quieto. Depois Bree descobre que Archer não fala. Sim, ele é mudo. E fica sabendo que ele vive excluído da comunidade em uma casa distante. Bree fica curiosa e ao mesmo tempo triste de ver como Archer vive isolado e tenta uma  aproximação.


Archer é um jovem de 23 anos que perdeu a voz em um acidente quando tinha 7 anos. A história de Archer é muito triste, você fica de coração partido quando descobre tudo que aconteceu. Mas o ponto máximo do livro é como ele lida com esta situação. Pois ele cresceu sozinho, sem conseguir se comunicar com ninguém há anos. Mas Bree vai chegar e dá um pouco de luz e voz para a vida de Acher. Bree sabe a língua de sinais, e assim começa uma linda amizade e um romance com Archer.  Como citei antes, existe um acontecimento grave no passado de Archer, que envolve o motivo dele ter perdido a voz. E isto vem à tona, transformando a vida de ambos.

Gostei muito da autora abordar as dificuldade de Archer em se comunicar e nos mostrar também como as pessoas se comportam ao encarar alguém diferente. Na verdade percebemos que as pessoas da cidade não estão nem aí se Archer não tem com quem conversar. Só após a chegada de Bree que as coisas vão tomando outro rumo. Uma coisa que me fez pensar muito vendo a solidão de Archer, como seria importante que aprendêssemos a língua de sinais nas escolas desde pequeno. Assim todos poderiam se comunicar, e as pessoas que usam apenas a língua de sinais não se sentiriam tão excluídas, e não teriam tanta dificuldade em ter um bom atendimento nos lugares. E outro beneficio se isto fosse implantado em todas as escolas, é que ainda iriamos aprender uma língua nova, assim como o inglês, japonês e etc. Lembrando que cada país tem sua própria língua de sinais. No Brasil é a LIBRAS.


 Fiquei muita aflita e triste de ver como Archer se sentia inútil por ter esta condição. E o mais cruel era como algumas pessoas o tratava por causa disso. Um exemplo é seu primo, que foi muito cruel quando eram crianças. Mas também foi muito lindo acompanhar o desenvolvimento deste casal, Bree e Archer de tão fofos, se tornaram um dos meus favoritos da ficção.

A voz do arqueiro foi uma linda surpresa. Rir e me emocionei com estes personagens. Impossível não amar Archer. Ele é tão doce, inseguro e lindo. Que dá vontade de colocar no colo. E gostei muito da Bree. Adorei a força e sua coragem. Sempre tomando iniciativa. E muito decidida. Ela sabe o que realmente quer, e não fica esperando, se ela precisa dizer algo, simplesmente diz.

Então fica a dica de um romance muito bonito, suave, com drama, cheio de humor e amor. E com personagens muito cativantes. Recomendado para todos. Beijos...


"Mas dói, porque tenho medo de amar você. Tenho medo de você ir embora e de eu ficar sozinho outra vez. Só que será mil vezes pior porque vou saber o que estou perdendo."






31 Comentários

  1. olá
    Nossa realmente essa capa é terrível para a história que se propõe contar, eu por exemplo nunca nem se quer parei para saber do que se trata, agora sabendo de alguns fatos da história achei muito bonito e gostei do personagem Acher, mas ainda não sei se é uma leitura para mim, mas quem sabe mais para frente.
    Beijos

    http://poyozodance.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olha tenho visto muitaaaaaaaaaaaaaa gente falando bem desse livro e quando ele foi lançado eu já fiquei interessada por conta de ser um romance, mas só que não havia comprado, mas depois que minha colaboradora leu ela disse pra mim ler. Disse que eu tinha que ler que iria amar o livro. Espero poder amar mesmo, porque estou com bastante expectativas para fazer a leitura. Enfim...Eu adorei a sua resenha e só me deixou ainda mais curiosa do que já estou kkkkkkkk

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/01/ebook-worlds-2.html

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Realmente quando vi a capa anteriormente eu não me interessei nem um pouco por esse livro e pensei " AFF,besteira fazer livro com signo ne?". Mas com você descrevendo tudo eu achei maravilhoso e gostaria MUITO de ler. Acho que nunca li um livro em que um dos personagens principais sejam mudos. E concordo, acho que todos deviam aprender Libras, eu mesma já tentei aprender várias vezes, mas nunca levei pra frente... Parabéns pela resenha linda, adorei!

    Beijos!

    www.cantinhocult.com

    ResponderExcluir
  4. Oi
    Que resenha linda.
    Confesso que já li muitas por aí, mas nenhum apontou tantos detalhes como a sua.
    Gostei da especial atenção que você feu aos personagens, principamente a Archer.
    Esse livro está em minha lista para 2016 e espero muito ler em breve.
    Adorei.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  5. Esse livro está me perseguindo! É sério! Aonde eu vou ele está, medo.
    Mas o pior é olhar para essa capa e querer arrancar esse homem da foto e trazer pra mim hohohoho

    Pena que a história não me instiga tanto, não sou muito fã de romance :/
    (mesmo sabendo que tem todo esse mistério por trás do passado do Archer e tal). E concordo muito com o que você disse, todos os colégios deveriam ensinar não só língua de sinais (LIBRA, no caso) como também o sistema Braille (para cegos). Gente, é o básico do básico! Na minha época de faculdade, o irmão de uma amiga minha, que é surdo, ficou sem colégio porque o único colégio que ensinava língua dos sinais na cidade dele fechou. Lembro que achei um absurdo (e é mesmo).

    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Menina tô muito ansiosa para ler esse livro! Comprei ele na black friday por indicação de uma amiga que só fez elogios ao livros e a cada resenha que leio fico mais ansiosa pela leitura, pena que tenho outros livros como prioridade no momento :/ mas espero gostar tanto quanto você *-*
    Beijos,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
  7. Oiii,

    como você disse, se fosse pela capa acho que não leria, pois não me chamou atenção, mas depois que li sua resenha, já quero o livro, e que interessante o Archer ser mudo. Nunca li nada assim, espero gostar.

    beijos
    http://apaixonadaporleiturass.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oiee ^^
    Archer é o personagem mais apaixonante que eu já conheci ♥ vê-lo sofrer tanto por sua condição e com seus sentimentos me deixou muito triste, mas também fiquei felicíssima quando ele conheceu a Bree. Estou doida para ler mais livros da autora ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. OI Ana, que linda as suas fotos. Estão falando bem sobre esta Voz do Arqueiro e agora entendo o porque do nome, nas outras resenhas não tinha entendido direito a questão desta dificuldade dele de se comunicar, mas agora eu tenho uma aqui para ler desta saga e vou ver como é que a autora escreve. São de todos os signos né, é bastante coisa para ler para quem quiser acompanhar a saga.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  10. Confesso que assim como você não dei nada pelo livro pela capa, mas felizmente resolvi ler e pude ter contato com uma história diferente e tão linda. Acredito que em sua resenha você conseguiu descrever tudo, o jeito do Archer, o jeito da Bree, o idiota do primo e a falta de noção das pessoas na cidade. O casal que eles formam é tão fofo que não tem nem como não torcer e querer que eles fiquem juntos k E também acho que deveria ser ensinado libras sim, eu sou louca para aprender e acho que irei ir atrás disso. Amei a resenha, parabéns!
    Beijos
    - Bruna
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Já ouvi/vi algum blog falando sobre essa série. Eu achei interessante usar os signos do zodíaco como tema, mas a premissa como uma todo não me interessa, não é o tipo de livro que gosto de ler. Até me compro meti comigo mesma, que esse ano irei ler livros desse gênero, mas como esse é uma série, acredito que não será o escolhido. Mas a dica é interessante.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os livros contem histórias diferentes. Cada livro terá a característica de um signo. E uma nova história, como novos personagens. Mas entendo você não curti romance/New Adult. Acontece. :)

      Beijos

      Excluir
  13. É, pelo que li da resenha, a capa não tem nada a ver com a história. Também acho que todos deveriam aprender Libras. Realmente fiquei interessada nesse livro, nunca o havia visto. Gosto quando a literatura dão destaques a personagens que normalmente são esquecidos.
    Beijos!
    http://caindonacultura.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Ana, eu morro de vontade de ler essa série, acho a trama muito interessante e chama minha atenção, adoro esse tipo de romance. Sua resenha me cativou muito a ir atrás e ver o que acho dos livros.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi Ana! ^^
    Acho que foi ontem que li a resenha do segundo livro dessa série e a resenhista tinha feitos muitos elogios ao primeiro livro, que aquele era o favorito dela mesmo gostando do segundo. Já tava curiosa para ler o segundo por a história parecer linda e agora fiquei ainda mais empolgada para realizar a leitura da série, pois se o primeiro livro é lindo desse jeito o restante também será!
    Vou querer ler e muitoooooooo e achei muito bacana a autora entrar na questão da Linguagem de Sinais, isso raramente é abordado em livros!

    Beijos e até logo! ;)
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Olhando para a capa e vendo a sinopse eu pensei logo naqueles romances melosos sem história e com sékiçú; mas o que vc contou é beeeeeeeeemmmm diferente disso, dá até vontade de ler.
    Sua resenha me aguçou muito mais que a sinopse.
    Concordo com vc sobre a linguagem de sinais, deveríamos ensiná-la as nossas crianças. Eu tenho vontade de aprender, mas minha coord motora n é lá essas coisas e tenho problemas sérios com novos idiomas (para falar), mas sei q se eu tivesse sido ensinada desde cedo hj n seria um problema.

    Blog Mundo de Tinta

    ResponderExcluir
  18. Olá, eu tenho uma mania feia, me apaixono primeiramente pela capa ai vou atrás de saber do que fala...
    Mas esse livro eu amei a capa, e amei sua resenha, e já estou apaixonada pelo Archer antes de ler e já quero adotá-lo para mim, que história triste a dele, duas palavras me definem agora: Quero Ler!
    Parabéns por saber escrever em palavras tudo o que sentiu e nos fazer querer ler também.
    Beijos.

    Giuliana

    ResponderExcluir
  19. Ooi,
    Realmente a capa remete a um clichê, pensei até que poderia ser um livro hot quando vi a primeira vez. Já li algumas resenhas sobre ele e faz um tempo que quero conhecer a história. Mas por ser um livro bonito quero comprá-lo então não sei quando poderei ler kk
    Vitória Zavattieri
    Corujas de Biblioteca

    ResponderExcluir
  20. Olá!!!
    Quando vi o lançamento deste livro pensei eu quero, simplesmente pelo fato da referencia ao signo de sagitário, mas hoje depois de ler algumas resenhas e a sua sei que o livro é muito mais que isto e não me arrependo de ter comprado. A resenha passa ser uma livro envolvente, emocionante e apaixonante que me deixo ainda mais curiosa e que certamente será minha próxima leitura.

    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Confesso que esse tipo de livro me incomoda às vezes, pois sempre seguem a mesma linha, mas A Voz do Arqueiro me faz sentir necessidade de lê-lo. É como se eu soubesse que ele me trará algo bom.
    Adorei a sua resenha, as fotos e, principalmente, o lindo quote que você colocou ao final. Conheço muitas pessoas com medo de amar.
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Olá,
    Eu vi umas resenhas muito boas e positivas sobre esse livro. Fiquei curiosa para saber o passado de Acher. Porém, sei que é um livro erótico e isso me deixou um pouco chateada. Eu não gosto desse gênero novo e evito ler livros desse gênero.
    Beijos,
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem?
    Assim como você eu não dava nada para esse livro, até que comecei a ler algumas resenhas sobre e fiquei curiosa, mas a sua foi a mais completa que li, acredito que é uma história que me emocionará muito e como gosto de histórias assim pretendo ler em breve o/

    Beijos :*
    Larissa - srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Ola!!!

    Confesso que assim como você não dei atenção a esse livro por causa da capa. Na melhor das hipóteses imaginei outro romance clichê ou mais um erótico.
    Mas a história é envolvente e fiquei com vontade de lê-la. É como você disse: linguagem de sinais deveria ser ensinado nas escolas, isso sim seria uma verdadeira inclusão.
    Sei que são situações diferentes, mas me lembrei de um filme do Val Kilmer, À Primeira Vista, que ele faz o papel de um homem cego que se apaixona pela nova moradora da cidade e eles tem de enfrentar juntos os preconceitos e as dificuldades.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anotei a dica do filme. haha. Não resisto a uma boa história de amor e superação.

      Beijos

      Excluir
  25. Nunca havia falar desse livro, no entanto sua resenha me instigou a lê-lo já que trata-se de um romance (que eu amo).
    Sem falar que a capa é linda e suas fotos (ahhh tenho fascinio por fotos de blogueiros rsrsr)que estão lindas!

    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  26. Oi, Ana! Você acaba de mudar a minha vida. Eu nunca imaginaria que o livro tinha uma história tão profunda, infeliz escolha de capa. Achei que se tratava de só mais um YA com um bad boy/cara mimado. Mas achei super interessante a ideia de fazer um livro sobre cada signo, eu já tinha ouvido falar da série, não tinha me interessado em ler. Quem sabe agora eu dou uma chance, né?

    Beijos, Maria.
    http://nerdsideblog.tumblr.com ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha. Veja só como as capas enganam.

      Beijos.

      Excluir