Título: Amor Amargo
Autora: Jennifer Brown
Ano: 2015
Editora: Gutenberg
Número de Páginas: 256
Adicione: Skoob
CompradoSaraiva


Sinopse: Último ano do colégio: a formatura da estudiosa Alex se aproxima, assim como a promessa feita com seus dois melhores amigos, Bethany e Zach, de viajarem até o Colorado, local para onde sua mãe estava indo quando morreu em um acidente. O Dia da Viagem se torna cada vez mais próximo, e tudo corre conforme o planejado.
Até Cole aparecer.
Encantador, divertido, sensível, um astro dos esportes. Alex parece não acreditar que o garoto está ali, querendo se aproximar dela. Quando os dois iniciam um relacionamento, tudo parece caminhar às mil maravilhas, até que ela começa a conhecê-lo de verdade…
Em um retrato realista de um relacionamento conturbado, a autora Jennifer Brown – do sucesso A Lista Negra – nos leva até o limite de nossos sentimentos.

Olá, leitores!



Hoje vou falar de Amor Amargo. Terminei este livro e fiquei pensando como falar dele. Pois foi uma leitura bem intensa. A última leitura que me deixou assim, foi o livro Proibido, ano passado. (Aliás, foi o primeiro livro resenhado no blog). 



Amor Amargo conta a história de Alex, seu nome é Alexandra, mas todos a chamam de Alex. Ela tem 17 anos está quase para se formar, e os planos para quando chegar este dia, é viajar com seus melhores amigos Zach e Bethany. ALex mora com seu pai e irmã, e eles possuem uma relação bem distante. Desde que sua mãe morreu, quando era pequena. Que seu pai se fechou em seu casulo, e não lhe dá muita atenção. E a relação com a irmã mais nova é bem conturbada e com a outra irmã mais velha é pior ainda, pois esta não mora mais com eles. O que salva mesmo os dias de Alex, são seus amigos. Pois são seu porto seguro e estão sempre juntos, se divertindo.

Alex dá aulas no reforço escolar da sua escola. E entrou um novo aluno chamado Cole, bonito, gentil e carinhoso. Que começa logo a chamar a atenção de Alex. Com a proximidade das aulas, eles acabam se apaixonando. E realmente é muito bonito o inicio de namoro. Cole é extremamente romântico. A trata como uma princesa. Mas, seus amigos Zach e Bethany não estão muito a vontade com isto. Com o tempo, Alex vai deixando os amigos cada vez mais de lado para se dedicar só a Cole. O namoro começa a ficar sério, e ela fica contando os minutos para vê-lo, está perdidamente apaixonada.

“Ele é bem legal. Mas meio formal. Tipo, me cumprimentou com um aperto de mão e chamou a Srta. Moody de ‘Senhora’, e, se quando chego na sala ele já está lá, sempre levanta e fica em pé até eu me sentar. Ele faz os outros garotos do colégio parecerem homens das cavernas, sabe?”

“Seus sorrisos eram como risadas. O sorriso de Cole era como uma carícia. E parecia ter sido feito sob medida para mim.”

Mas Cole começa aparecer no trabalho de Alex, e sempre que ela tenta fazer qualquer coisa com os amigos. Com o tempo ela começa a conhecer outro lado de Cole, um lado possessivo e até mesmo agressivo. Mas Alex está tão encantada e feliz, por ser amada, que reconsidera os momentos de grosseria. Pois ela quer apenas ser amada, e ela nunca se sentiu assim antes. Na verdade, ela sempre se sentiu muito sozinha.


Amor Amargo é uma daquelas leituras forte e marcante, pois vem tratar um tema muito atual e grave. Relacionamento abusivo. A Jennifer conseguiu criar uma história extraordinária, pois ela mostra as fases do relacionamento e vamos acompanhando a cada etapa de Alex e Cole. A conquista, o namoro, o relacionamento conturbado, a perda de identidade, o sofrimento. E não tem como não sofrer com tudo que acontece com Alex. E até mesmo julgar e brigar com ela.( Sai dessa, não faça isso) Mas no final, você percebe que não tem o direito de julgar, pois ninguém quer passar por isso. E sim, pode acontecer com qualquer um. Mesmo que a gente sempre fale:  eu não deixaria que fosse comigo.

É uma leitura densa, dolorida, triste. Mas tem seus momentos bonito, como alguns encontros de Alex e Cole. E Alex com seus amigos Zach e Bethany. A amizade deles é muito bonita. Eu gostei de Amor Amargo, e acho que é uma leitura obrigatória para todos, principalmente as mulheres. Pois a Jennifer trata a violência domestica de maneira bem realista e até cruel, como realmente é, nenhum tipo de abuso é suave, pois traz consequências graves. E no final do livro ela fala da pesquisa que fez, e vemos todo o cuidado que ela teve para falar do assunto.



A violência domestica é um caso bem atual. E temos muitos casos, aqui mesmo no Brasil. Muitas mulheres infelizmente passam por isso. E precisam de ajuda para sair dessa. E com força de vontade, apoio da família e dos amigos, e um acompanhamento especializado, ela consegue sim.  Livra-se da dor, da vergonha e do agressor. Ninguém gosta de sofrer. E este livro me abriu os olhos para nunca mais julgar ninguém que está passando por uma situação dessas. Um relacionamento abusivo, não é apenas bater/apanhar. Mas, a falta de respeito com o companheiro (a) também. E nós vamos ver tudo isso em Amor Amargo. E com certeza, você não será o mesmo depois desta leitura. Vai tirar alguma lição/coisa desta leitura.


Os personagens são bem vivos, reais e conseguir me simpatizar por todos, e gostar das características de cada um, até mesmo por Cole, pela maneira que a autora colocou o antes e o depois. Pois ele está ali para representar o outro lado, e fez muito bem. É um livro que merece uma adaptação cinematográfica urgente.

“E por incrível que parecesse, esse era o pensamento mais doloroso de todos. Ainda que estivesse magoada, constrangida, humilhada e indignada pelo que tinha feito comigo, continuava louca de amor por ele. Continuava pensando que tínhamos sido feito um para o outro. Continuava desejando-o.”


A edição está ótima. Adorei a capa, e o título é perfeito para a trama. Livro com orelhas, páginas amarelas e letras no tamanho bem agradável. Capítulos curtos, narrado em primeira pessoa pela Alex. 


Mesmo gostando da leitura, pelo tema importante abordado. Fiquei com um peso no coração. E teve um momento na leitura, que não aguentei e comecei a chorar. Desejando do fundo do coração que Alex mudasse seu destino. E aí percebemos o poder de escrita que esta autora tem, pois consegue te fazer refletir, sentir e abrir sua mente, para coisas, situações que as vezes não damos a mínima importância. Se amar em primeiro lugar, é a primeira coisa a ser feita. Se você consegue ser feliz consigo mesmo, acredito que será capaz de ser feliz com alguém sem se perder. 


“Prometo que jamais vou te machucar de novo.”



Vou encerrar esta resenha com o vídeo da Jout Jout , onde ela fala de Relacionamento abusivo de maneira simples e com uma pitada de humor.

 Beijos e até a próxima.











14 Comentários

  1. Arrasou na resenha ❤
    Se antes eu já queria ler, agora quero mais ainda...
    A Lista Negra me deixou com esse sentimento de impotência e pelo que você falou, esse me deixará muitas vezes pior.
    No fundo a gente prefere fechar os olhos para certas coisas e é necessário que um autor aborde de tema clara e direta esse tipo de assunto.
    No topo da lista de desejados :)

    Abraço,
    Biblioteca do Coração❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, obrigada. Eu gostei muito da forma que ela abordou o tema. E estou com a lista Negra para ler. Super curiosa.

      beijos

      Excluir
  2. Oi, tudo bem?

    A capa já me conquistou de cara. Daí, fiquei sabendo que se trata de um relacionamento abusivo: quero pra ontem! Achei maravilhoso que a autora tenha desconstruído esse amor de maneira real. Com certeza, é uma leitura obrigatória para todo mundo. Adorei a resenha, muito boa, me prendeu bastante.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nina. Realmente esta capa é linda. E a história é super marcante, acredito que irá gostar.

      beijooo.

      Excluir
  3. temática forte essa... sei bem como funciona uma relação desse tipo... apesar da maneira como vc retrata o livro na resenha, não me animei muito pra ler... =T é questão pessoal mesmo...
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Maria.

      Obrigada, pela visita.

      bjs. :*

      Excluir
  4. Oii, tudo bem?
    Você acredita que ainda não li nenhum livro dessa autora? Morro de curiosidade de ler A lista negra e agora esse é claro.
    Adorei o post!
    Bjs ♥♥♥
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mary. Pretendo ler A Lista Negra em breve. Gostei da forma que aborda temas mais sérios.


      Obrigada.

      beijos. :*

      Excluir
  5. Oii, tudo bem?
    Você acredita que ainda não li nenhum livro dessa autora? Morro de curiosidade de ler A lista negra e agora esse é claro.
    Adorei o post!
    Bjs ♥♥♥
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Você fez uma resenha fabulosa, achei a temática bastante interessante e acredito que atraia um público mais jovem (Só acho), hoje, não é bem o estilo que procuro para ler, mas confesso que há alguns anos, cairia de boca nele...

    ResponderExcluir
  7. Oie.
    Eu nunca li nada da Jennifer, mas tenho muita vontade
    Quando vi a capa desse livro e depois que vi que a Pam ia ler fiquei curiosa para conhecer a obra. E agora depois de ver a tua resenha decidi que sim, preciso ler esse livro. O tema é interessante e apesar de eu estar fugindo de romance e sempre ter um pé atrás com esse tipo de livro ultimamente leria sim esse. Senti um monte de emoções por somente ler a sua resenha. Mal posso esperar para conferir a escrita e o que Brown trouxe para nós.
    Beijin...
    http://piecesofalanagabriela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois leia, ela tem uma escrita bem intensa. E sempre te passa algo. :)

      Beijinhos

      Excluir
  8. Oláá
    Nossa, que resenha amooor, adorei a capa desse livro e amo essa autora, fiquei muito feliz com o lançamento e estou louca para ler, com certeza espero gostar tanto quanto você

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá,Ana!

    Se antes já queria ler o livro, agora nem tenho palavras pra expressar que já quero pra ontem!
    Você foi muito feliz ao relacionar esse triste assunto com a vida real. E esse é um ponto alto do livro, pois tenho certeza que os leitores irão obter várias reflexões e levar para a vida. Quero só ver se a autora vai me conquistar. Gostei de saber que os personagens são cativantes ( isso é muito significativo no desenvolvimento da trama) e sobre a história ser densa e exigir muito do emocional. Assim é que são as melhores leituras. Você pontuou tudo muito bem na sua resenha.
    Beijinhos.

    Sua amiga Ju.
    http://emsintoniacomoslivros.blogspot.com.br/


    ResponderExcluir