Título: Antes de  Partir Desta Pra Uma Melhor
Autor: Jonathan Tropper
Ano: 2015
Editora: Arqueiro
Páginas: 256
Skoob: Adicione




Sinopse:Antes de Partir Desta Pra Uma Melhor - Não é preciso ser nenhum gênio para perceber que a vida de Drew Silver é uma sequência de decisões equivocadas. Faz quase uma década que sua banda de rock emplacou uma música, filha única de mãe solteira. Desde então, a banda se separou, sua mulher o largou e Silver tem assistido a vida passar, tocando em casamentos – quando aparece algum – e descontando os cheques cada vez menos frequentes que recebe pelos direitos autorais de seu único sucesso. Silver então descobre que a ex-mulher está prestes a se casar de novo e que a filha adolescente, Casey, está grávida. Para completar, depois de sofrer um derrame que o deixa incapaz de controlar a língua e guardar para si o que pensa, ele precisa de uma cirurgia no coração. Diante desse cenário, o músico fracassado depara com a pergunta decisiva: será que vale a pena salvar uma vida tão mal vivida? Assim, sob o olhar exasperado da família, ele toma a decisão radical de se recusar a fazer a cirurgia e dedicar o pouco tempo que lhe resta a tentar consertar o relacionamento com Casey e aproveitar a vida – mesmo que ela não dure muito. Com diálogos rápidos, irônicos e sagazes, Jonathan Tropper confirma sua habilidade em retratar com humor e perspicácia o lado oculto da família moderna.

Olá, leitores. Hoje vou falar de um livro que chegou de surpresa e acabou me surpreendendo. Recebi este livro de cortesia da Editora Arqueiro. (Não esperava por ele). Mas comecei a ler e adorei. Ainda não tinha lido nada do Jonathan Tropper. Mas depois deste livro, entendo porque ele recebe tantas críticas positivas. Antes de Partir Desta Pra Uma Melhor, vai contar a história de Silver, um homem em torno de 44 anos, separado há oito anos, musico, pai de uma jovem de 18 anos. E que vende seu sêmen com seu amigo Jack. E está completamente fracassado neste momento da sua vida. Silver vive com mais dois amigos em um Apart-hotel Versailles. Local aonde vai os homens de meia-idade com seus casamentos fracassados. É quase um depósito de homens tristes, deprimidos. E estas três figuras hilárias, Jack, Oliver e Silver, quando se juntam, podem contar, você rir e chora.



Silver está cada dia pior, pois tem uma relação péssima com sua filha Casey, e sua ex-mulher Denise está de casamento marcado com Rich, médico bem sucedido e responsável. Oposto dele. E ele ainda sente algo pela ex. E está muito triste pelo casamento. Agora Casey lhe procura e diz que está grávida. E ele se compromete a ajudá-la a dá um jeito na situação. E juntos vão a clínica retirar o feto, mas lá ele passa mal e vai parar no hospital. E descobre que teve um mini derrame e que tem um aneurisma e precisa operar urgente ou vai morrer. Mas Silver não quer operar, pois acha que sua vida já é horrível. E essa decisão acaba afetando a todos, sua filha, seus pais, amigos e o casamento de Denise, sua ex-mulher. E no meio deste turbilhão de acontecimentos e decisões, Silver tem que decidir se vive e torna-se uma pessoa melhor, ou desiste mesmo de tudo.

“Ele não fica com raiva, não grita e não desvia o olhar. Se existe uma vantagem em ter um pai tão destrambelhado, é o fato de ele não poder julgar ninguém.” (pág.26)

“-Você está chateado por eu não ser virgem?-Fico chateado por você não ter mais 7 anos de idade. Fico chateado por ter piscado e você ter se transformado em mulher e por eu ter perdido um milhão de momentos que nunca mais vou recuperar. Fico chateado por ter sido um pai ruim. Você merecia  algo melhor. Mas, quanto a sua virgindade... Acho que eu já havia presumindo que você era sexualmente ativa a esta altura. Portanto, não, isso não me chateia.” (pág. 31)


Eu tenho que dizer que amei os personagens, todos, são personagens incríveis, tão reais, que te comovem o tempo todo. Este livro além de ter drama, tem muito humor, eu me pegava rindo sozinha à noite, acontece muitas situações embaraçosas com Silver e seus familiares. Jack é completamente desbocado e doido. Oliver é quieto e super sensato, é o que eu achava até descobri um fato da vida dele. Casey é uma menina perdida no meio dessa confusão toda, mas que vai ter um grande peso nas decisões de Silver. São personagens problemáticos, que tentam levar a vida mesmo triste, e claro que alguns momentos eles tentam fazer algo para se divertir. Mas sempre dá em algo completamente desastroso.

 Após Silver passar mal, ele fica sem filtro, fala tudo que lhe vem à cabeça e isso vai nos apresentar situações muito constrangedoras. Que muitas vezes eu colocava a mão na testa e falava ( Não acredito que você disse isso, Silver, puts). Haha. É um livro com muito humor e com problemas reais. Vai tratar de relacionamentos, amor, amizade, família, coragem. É incrível como autor coloca humor nos momentos mais complicados. E Isso torna uma leitura leve e gostosa.
“-Acho que você não entende nada de mulheres.
-Palavras de um homem divorciado a um homem que está prestes comemorar bodas de ouro.
Silver sorri.
-Isso só significa que você entendeu uma mulher.
-O que já é uma a mais do que você.” 


Narrado em terceira pessoa, onde conhecemos a fundo a maioria dos personagens. Fazendo com que realmente nos cative. O livro está com uma ótima diagramação, têm orelhas, páginas amarelas, letras no tamanho agradável. As partes que me incomodaram um pouco, foi o fato de Silver passar o livro todo se desculpando, ok, ele fez suas burradas no passado, e as vezes pisa na bola ainda. Mesmo assim, acho as pessoas pegarem pesado com ele. Em algumas cenas fiquei muito sensibilizada por ele, mas o bom, que o autor colocava uma frase de efeito, e as vezes suavizava a situação.

Antes de Partir Desta Pra Uma Melhor é um daqueles livros que fala de vida, das dificuldades de perdoar e aceitar que errou. Fala de aceitação, de amor, e coragem para assumir seus erros e enfrentar a vida.  E não tem como não se emocionar com uma história de vida, como personagens tão vivos. Onde mostra que vamos envelhecer, estamos envelhecendo, e nossas atitudes hoje, podem pesar no futuro. E decidir se ficaremos sozinhos ou não.
“Estamos todos envelhecendo, pensa ele, nos desintegrando célula por célula a um ritmo alarmante” (Pág.103)

 "Ele pensa que a vida de todas as pessoas próximas a ele parece melhorar radicalmente quando elas o deixam para trás. Denise encontrou um marido melhor; Casey um pai melhor; Pat McReedy, uma carreira melhor. Ele é um degrau para uma vida melhor. Não, isso significaria que ele ajudou de alguma maneira. Ele é o lastro supérfluo que você joga fora do avião para alçar vôo.”


“Uma vez, ele amou uma garota sem motivo específico, só um monte de pequenos motivos reunidos. Afinal, amor não é isso? A soma de um milhão de coisas intangíveis que se reúnem da maneira certa no momento certo? Como a concepção. Ou o universo. “ (pág. 223) 




Então é isso, pessoal. Uma ótima dica de presente. Um livro muito bom, com drama familiar, humor e muito amor envolvido.





12 Comentários

  1. Oi, Ana, tudo bem?! Quando comecei a ler a resenha, achei o livro bem esquisito. Mas ao chegar no final da mesma, me vi querendo o livro. Adoro livros que emocionam e fazem pensar. Sua resenha está incrível! Vou correndo proucurar o livro.

    Beijos,

    Dai | www.cheirodelivronacional.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha, Oi, Daiane. Ele é bem diferente das coisas que estou acostumada a ler, mas, gostei muito. Espero que curta.

      beijos

      Excluir
  2. Eu li uma outra resenha dele e pela capa não tinha dado muito valor, mas cada resenha que vejo, acho o enredo mais interessante. Assim que possível, vou buscar mais informações, procurar na livraria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu quando vi a capa e sinopse não sentir muito interesse. Mas depois que li, fui positivamente surpreendida. Li a noite, e me pegava dando risada sozinha em alguns momentos. E me emocionando em outros. Acabei gostando muito dos personagens e do enredo. :)

      beijos.

      Excluir
  3. Ana lindona o fato de render boas risadas com drama já me conquistou, gostei muito da sinopse e estou curiosa com o desfecho do livro, o que será que nosso protagonista vai decidir com relação a sua vida. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  4. Sua resenha me interessou muito, também ainda não li nada desse autor...
    Que bom conhecer uma historia diferente e conhecer novos autores!

    Bjus

    Viviana

    http://devoreumlivroeoufilme.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olááá
    Que bom que curtiu o livro, acho essa capa linda e estou louca para ler desde que foi lançado, espero poder em breve e gostar bastante, ótima dica.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Ana, não foi um livro que tenha me interessado, mas gostei da forma que ele foi feito. Abordar estes temas é sempre complicado, mas uma pitada de humor ajuda.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Oi Ana.
    Ótima resenha flor.
    Estou muito curiosa com essa história, mas acho que não vou lê-lo por agora não.
    Vou esperar passar esse fim de ano da faculdade e quem sabe ano que vem eu peço ele a editora. =)
    Adoro quando os dramas nos fazem rir kkkk

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Ana!
    Puxa, adorei a resenha, me fez ficar com muita curiosidade de ler. Adoro livros engraçados, mas que acrescentam ao mesmo tempo. Com certeza, quero ler.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Parece um livro ótimo! Quero muito ler agora, tava até procurando epub, mas não encontrei :/ www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  10. Oiii Ana... eu comecei a nã entender nada, mas depois eu fui me interessando pela historia, ele não é muito meu tipo de leitura, por isso mesmo me parecendo muito bom, eu não sei se o leria por agora, talvez no futuro.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir