Livro: A Última Casa da Rua
Autora: Lily Blake
Ano: 2012
Editora: ID
Números de Páginas: 182

Classificação: 3/5

Sinopse: A Última Casa da Rua - No livro, os autores Lily Blake, David Loucka e Jonathan Mostow contam a história da jovem Elissa e sua mãe que, em busca de uma nova vida, encontram a casa dos sonhos em uma pequena cidade do interior dos Estados Unidos. A cidade tem um mistério. Um assassinato aconteceu bem na casa ao lado. Uma garota matou os pais de forma brutal e desapareceu. Hoje, quatro anos depois, apenas Ryan, o misterioso irmão mais velho, mora sozinho naquela mesma casa, sombria e esquecida no tempo. Indo contra tudo e contra todos, Elissa acaba se envolvendo amorosamente com o estranho rapaz. O que ela não sabe é o quão perigoso esse jogo pode se tornar…  Não espere ver adolescentes sendo perseguidos por forças sobrenaturais ou um desfecho daqueles que já “sacamos” ainda na metade do livro. A trama é criativa, com muitos “não acredito!” pelo meio do caminho. E a sequência final é de tirar o fôlego, com muita ação.
Antes de sentir o medo… Antes de conhecer a dor… É preciso voltar para onde tudo começou.





Oiiii, tudo bem? E vamos de resenha. \o/

Hoje vou falar de um livro que foi baseado em um filme. É A Última Casa da Rua de Lily Blake. Eu ainda não vi o filme, mas depois desta leitura, quero ver urgentemente.
Elissa é uma adolescente de dezessete anos, que ainda não superou a separação dos pais. Ela e sua mãe Sarah mudam de cidade para tentar uma nova vida e se reaproximar, pois sua relação estar completamente abalada, elas se tratam como duas estranhas.

Elas compram uma casa confortável em uma cidade no interior do EUA. Mas nesta mesma rua aconteceu um assassinato horrível quatro anos atrás. Onde uma menina com problemas mentais a Carrie Anne matou brutamente seus pais. E desapareceu em seguida, seu corpo nunca foi encontrado.


“Mary deu mais um passo e alcançou o braço da menina, agarrando seu pulso e puxando com mais força do que pretendia. Foi aí que notou algo diferente de relance. Carrie Anne ergueu a outra mão, revelando, sob a luz fraca do corredor, o martelo que escondia atrás das costas. Por uma fração de segundo seus olhos azuis brilharam, vislumbrando o rosto assustado da mãe, que não teve tempo para fazer nada. Com um movimento rápido, Carrie Anne  acertou na cabeça, logo acima dos olhos – e bateu de novo e de novo, até Mary finalmente cair para trás, absolutamente irreconhecível. “ (Pág.10)

Alguns moradores falam que ela ainda vive na floresta, outros acham que é apenas uma lenda urbana. Com este acontecimento chocante as casas da rua ficaram desvalorizadas e caíram no preço, foi essa a oportunidade que Sarah e Elissa tiveram para comprar a casa. Na casa onde houve o homicídio mora o irmão de Carrie Anne, que se mudou para casa depois da tragédia, e é excluído por todos, ninguém gosta dele, e as pessoas não entendem por que ele ainda vive naquela casa sozinho.
Elissa vai se aproximar do jovem, e percebe que ele não é tão estranho quanto dizem. Mas existem segredos em torno do desaparecimento da Carrie Anne e o fato de seu irmão ainda morar ali. E Elissa vai se meter no meio deste mistério.



A última casa da rua, é dividido em 19 capítulos, como é um suspense, achei parados os primeiros capítulos, mas depois do sétimo, as coisas começam a ficar boas. Vários acontecimentos e segredos começam a ser revelados.

“As pessoas não costumam notar os segredos, mas eles estão lá. Por toda parte. Escondidos. Esperando quem os encontre.” (pág. 109)

Eu gostei do livro, é curtinho e a diagramação está legal. A história é muito boa. O desfecho é surpreendente, nem imaginava que poderia ser aquilo, que é revelado nos últimos capítulos. O livro é narrado em terceira pessoa, onde cenas de muito suspense é contado detalhadamente. Só sei que só larguei o livro quando cheguei na última folha, haha, pois queria saber tudo. E a cada revelação, eu ficava minha nossa. Como pode isso. 



Dei três estrelas, classificando o livro como bom, por causa do inicio que foi muito parado e pelo fato de em alguns momentos serem muito corrido, por o livro ser bem curtinho. Mas tenho que admitir que a história é sensacional, daria mais páginas, com certeza. :)
O livro tem orelhas, páginas amarelas, tem uma imagem da casa dentro de uma bola a cada capítulo.
Para quem quer um suspense para passar o tempo, rápido e cheio de surpresas. Está aí a dica.



"É incrível como, de repente, as coisas mudam e os acontecimentos ruins se acumulam. A família que vivia ali foi assombrada pela má sorte, os momentos trágicos chegando  sempre antes e com maior intensidade que os mínimos momentos felizes." (pag.7)









21 Comentários

  1. eu já assisti o filme, mas esse livro..... quero pra ontem!!!!! porque o filme ja tinha amado e o livro com certeza deve haver muito mais detalhe, amei amei a resenha e a dica
    bjus

    ResponderExcluir
  2. Não li o livro e nem o filme, ate hoje não tinha me interessado, mas agora quero muito ler esse livro, adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  3. Gente, não tenho coragem nem de ver o filme muito menos de ler o livro. Eu fico apavorada só de ver o trailer do filme.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Ana,
    Não sabia que tinha livro, eu assisti o filme e gostei muito.
    O suspense a dúvida que o filme deixa é bem legal, imagino que no livro deva ser melhor.

    Bjs
    Coração Leitor

    ResponderExcluir
  5. Oi Ana,
    Ainda não assisti esse filme, mas quero muito!!! Adoro suspense e já ouvi falar que o filme é bem bacana :)
    Quanto ao livro, tenho vontade de lê-lo, mas não é prioridade, sabe? Se conseguir encontrar por um preço baixo pretendo comprar.

    Beijos
    Daisy - nuvemdeletras.com

    ResponderExcluir
  6. Olá Ana! Eu gosto de suspense, mas confesso que este enredo não me chamou muito a atenção. Sua resenha ficou bem legal, com detalhes. Parabéns...Mas mesmo sendo curtinho, não sei se levaria até o fim!

    Um abraço!
    Flor!

    ResponderExcluir
  7. Oi Ana, tudo bem?
    Gostei da sua resenha sobre o livro que eu nem sabia existir e a diagramação está bonita, mas já assisti o filme e não gostei, então não lerei o livro provavelmente.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  8. Olá!!

    não leio muito suspense e terror por que sou muito medrosa(muito mesmo) mas uma das minhas metas para esse ano é pelo menos tentar ler gêneros que não tenho muito costume de ler, não conhecia esse livro mas, quem sabe não dou uma chance para ele, afinal gostei muito da resenha.

    beijão*...*
    http://notinhasderodape.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Gente, agora preciso, pelo menos, ver o filme. Parece ser muito interessante. E quero saber esse final. conta aí. Não tô nem aí para spoiler srsrsrs.
    Eu já tinha ouvido falar do filme, mas nunca dei muito atenção.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olaa
    Eu ja vi o filme mas nunca li o livro e sinceramente não curti tanto então nao tenho taanta vontade de ler. Sua resenha ficou ótima.

    Reality of books
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Ola lindona confesso que comecei a assistir o filme e achei tão parado, e lendo que os primeiros capítulos são assim, fico um pouco desanimada . Dessa vez vou deixar passar a leitura. Quem sabe em outro momento. beijos

    Joyce

    ResponderExcluir
  12. Hey, tudo bem?

    A história parece ser recheada de suspense mesmo e ainda bem que esse aspecto é bem retratado no livro, adoro quando a narrativa consegue transmitir isso. Tenho curiosidade em relação a história, mas não sei se é o bastante para ler e assistir a mesma.

    Beijos,
    Dois Dedos de Prosa

    ResponderExcluir
  13. Confesso que eu tenho um tiquinho de preconceito com livros baseados em filmes. Eu sei que é um preconceito bobo e ignorante, mas vou tentar acabar com ele lendo A última casa da rua! Fiquei super curiosa com a sua resenha! Como eu adoro um bom policial/suspense, já prendeu minha atenção!

    ResponderExcluir
  14. OI oi, como vai?
    Tenho muito receio em ler livros baseados em filmes, mas quero mudar isso.
    A Última Casa da Rua é um livor muito bem comentado e com certeza vou ler.
    Uma pena que é curto, podiam ter aproveitado melhor a história e escrito mais (sou dessas que ama livrões <3).
    Anotado na wishlist!!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Diferente a sequência, já que o livro foi baseado no filme, e não o contrário, rs. Gostei da premissa, me pareceu um bom suspense. Pena que o início é lento, é muito ruim quando isso acontece
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Meu Deus, eu já assisti a esse filme. Ou melhor, comecei a assistir e desisti! Não estava muito no clima de sentir medo, e já era noite e eu tava sozinha... Hahahahah Acabei amarelando!
    Que máximo isso de o livro ser a adaptação do filme, né? Quero saber quais são suas impressões em relação a isso... Será que o livro não ficou meio superficial, ou ele conseguiu desenvolver bem?
    Um abraço!
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir
  17. Oi Ana, eu acabei vendo um pedaço do filme, não cheguei a ver o filme inteiro ainda, mas gostei muito do que vi, então pode imaginar, ainda mais que você já leu, como eu gostaria de ler este livro.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  18. Oiii menina esse livro tem uma cara de ser de terror kkkkk
    Eu sou uma pessoa bem medrosa sabe, por conta disso eu não leria e muito menos assistiria o filme, mas amei a sua resenha

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  19. Fiquei MUITO curiosa. Amo esse gênero e adoro o filme, não sabia que era adaptação...


    Lindo seu blog!

    Beijos,
    Luiza Liz
    Hello Liz - https://www.youtube.com/c/HelloLiz?sub_confirmation=1

    ResponderExcluir
  20. Oie, Ana!
    Já assisti o filme e achei ele meio bizarrinho. Talvez me afeiçoe mais a história lendo o livro, mas se ele for lento como você disse no início e rápido demais no decorrer da narração, não sei se terei uma opinião muito positiva.
    Com carinho,
    Celly.

    Me Livrando: Livre-se você também!

    ResponderExcluir
  21. Oie, tudo bom?
    Eu não assisti ao filme porque não sou muito fã de filmes de terror. Acredito que o livro seja mais interessante, mesmo que o início seja meio parado. Gostei também de saber que o final consegue surpreender.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir