Livro: A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista
Autora: Jennifer E. Smith
Editora: Galera Record
Páginas: 224

Sinopse: Com uma certa atmosfera de Um dia, mas voltado para o público jovem adulto, A probabilidade estatística do amor à primeira vista é uma história romântica, capaz de conquistar fãs de todas as idades. Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.




Hadley é uma adolescente de 17 anos, americana, que terá um dia bem diferente.
Ela está bem chateada e mal humorada, pois terá que fazer uma coisa que não quer. Por pressão de sua mãe, ela irá para Londres para o casamento do seu pai, com sua nova namorada. Tenso, né? Pois é. O pai de Hadley deixou sua família para trás, para construir uma nova vida em outro lugar.  Deixando marcas profundas em Hadley, pois ela ainda não superou este fato na sua vida. E guarda uma grande magoa.
 Já se passaram uns dois anos, e chegou o grande dia do casamento, coisa pelo qual, Hadley não tem nenhum interesse de presenciar.
Então depois de muitas discussões com a mãe, ela decide ir. Mas ao chegar ao aeroporto, ela perde o voo por quatro minutos, Coisa que no fundo, não a deixa tão triste assim. E com esse atraso, com esta perda, e ao ficar para pegar o próximo voo, ela conhece o charmoso e gentil Oliver, Rapaz bonito e educado, e um pouco misterioso, que a encanta à primeira vista.  


"Será que é possível, de repente, descobrir o tipo de que você gosta, mesmo quando se acha que nem tem um tipo?"

Começaram a conversar e rolou logo uma sintonia, e na hora de pegar o avião, adivinha? Ou destino, conspiração do universo, ou qualquer outra coisa, acabaram sentados juntos, e  tiveram a oportunidade de se conhecerem melhor. Durante a viagem falaram de vários assuntos, se divertiram, surgiu logo uma linda amizade, ou até algo mais. Mas... Ao chegarem a Londres. Eles se separaram no aeroporto e cada um seguiu o seu caminho. E agora, será que o destino continuará ajudando.




" - O amor é a coisa mais estranha e sem lógica do mundo."

A Probabilidade estatística do Amor à primeira vista, tem um título bem grande, mas é um livro bem curtinho de 224 páginas, que dá para ler em um dia, tem uma capa bonita, bem fofinha, adorei a nuvenzinha com o coração e o avião.
Este livro é bem leve, com uma história simples, com personagens simples, é uma história sem reviravoltas ou surpresas. Não tem muitas emoções, (pelo menos, eu não senti nenhuma).
È um livro que fala do poder do destino agindo sobre a vida desses dois jovens, fazendo que tenham momentos agradáveis por algumas horas, assim esquecendo um pouco seus próprios problemas.
Além de abordar este romance entre Hadley e Oliver, ele foca no relacionamento quebrado da Hadley com o pai, onde ela terá que enfrentar seus ressentimentos e tentar superar ou  perdoar.
Eu sei que é um livro bem querido por várias pessoas; eu gostei, mas não foi aquele romance que me deixa encantada, apaixonada. Foi uma boa leitura, um livro de escrita ágil e rápido de se lê, narrado em terceira pessoa e sem muita enrolação. Bem leve mesmo!

"Eu me sinto melhor quando estou com você."






2 Comentários

  1. Eu estav louca pra ler esse livro, mas desanimei.Adorei seu blog depois me faça uma visita http://livrosfilmeseencantos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá, Bruna! não desanime, pois é um livro bem leve e de leitura ágil. De repente pode te surpreender.

    Beijos!

    Visitarei sim. :*

    ResponderExcluir